Cachapoal, o coração do Valle Central

cachapoal

Nesta seleção Obras-Primas, aproximamo-nos do Chile. Esta região vitivinícola tem fome de sucesso, tem ambição e quer que seu esforço seja reconhecido. E constatamos pelo trabalho desenvolvido neste país, nas últimas duas décadas, que seu reconhecimento é merecido. Assim, cada vez mais, os vinhos chilenos alcançam alta deferência. O Chile quer ser um grande produtor internacional de vinhos premium e está caminhando para isto.

O país é, sem dúvida, uma região vitivinícola surpreendente. Em regiões como o Valle de Cachapoal, os solos foram criados pela formação das cordilheiras da Costa e dos Andes, e são a base sólida para que seus vinhedos desenvolvam-se nas melhores condições, e assim possam produzir vinhos da mais alta qualidade. Aqui, o solo e o clima falam através do vinho, graças ao trabalho dos brilhantes enólogos chilenos.

Localizadas a aproximadamente 100 km ao sul de Santiago, estão duas das regiões vinícolas do Chile de maior prestígio: o Valle de Colchagua e o Valle de Cachapoal. Ambos começam a ser conhecidos em nível internacional pela qualidade de seus vinhos, especialmente os tintos, prestígio este que chegou às publicações internacionais mais importantes do setor.

Colchagua e Cachapoal são os principais vales vitivinícolas da região do Valle Central. O mais importante, em número de vinhas, é o de Colchagua, banhado pelo rio Tinguiririca, e que se destaca pela fertilidade de seus solos e pelo clima mediterrâneo. Um pouco mais ao norte do Valle de Colchagua, está o Valle de Cachapoal, que vai de Pelequén até Paine, banhado pelo rio de mesmo nome.

sociedade-da-mesa

Este vale, localizado entre suaves colinas da cordilheira da Costa e sua pré-cordilheira, possui o característico clima mediterrâneo do Valle Central chileno: verões quentes e invernos temperados, além de grandes contrastes de temperatura entre o dia e a noite, ideais para o perfeito amadurecimento da uva. Mas sua riqueza quanto ao clima, não termina aqui: a existência de microclimas bem definidos, dependentes da proximidade do mar ou das montanhas, oferecem diferentes condições para o cultivo de diferentes varietais, o que facilita a aclimatação correta das diferentes variedades de uva. Junto com a perfeição do clima, encontramos seus incríveis solos. Estes são, por natureza, ricos em minerais, profundos e bem drenados, o que facilita o desenvolvimento das raízes do vinhedo, melhorando seu equilíbrio, nutrição e adaptação da planta, em função de suas necessidades edafoclimáticas.

O Valle de Cachapoal; em especial nas áreas mais altas, próximas à cordilheira, chamadas Alto Cachapoal. Foram o destino preferido de investidores franceses e amantes do vinho nas últimas décadas. Foi assim que conhecidas famílias vinícolas de Bourdeaux; Alsácia e Loire associaram-se com antigos vinicultores chilenos ou fundaram bodegas. Para produzir vinhos tintos de alta qualidade e de características similares às que produziam em suas regiões de origem. Fica claro que essas terras do Valle de Cachapoal tinham algo a mais; para atrair bodegueiros tão ilustres.

Experimente nossas seleções e viva a melhor e mais abrangente experiência enológica. Associe-se!

 

Deixe uma resposta