Projeto Arte Comtemporânea Gravuras

0

ARTE CONTEMPORÂNEA.

Desfrute e aprecie sem moderação.

A Sociedade da Mesa e a Benveniste Contemporary consolidam este projeto inédito no Brasil.

Continuamos oferecendo a você, nosso associado, obras exclusivas em edições limitadas de até 100 exemplares de artistas contemporâneos do mundo todo, selecionadas pelo curador Dan Albert Benveniste.

Quarta obra do projeto Arte Contemporânea: MACAPARANA

Macaparana. Fotografia: Sergio Guerini, 2009.

O artistaRetrato Macaparana Foto 02

Macaparana leva este nome por causa da cidade de Pernambuco, Brasil, onde nasceu, em 1952, como José Souza Oliveira Filho. Pintor e escultor autodidata, realizou sua primeira exposição individual em Recife, em 1970. Desde 1973 vive e trabalha em São Paulo.

Expôs nas principais galerias de arte do Brasil, México, Japão, Nova Iorque e Londres. Além disso, suas obras fazem parte do acervo de vários museus e coleções particulares. No Brasil, atualmente é representado pela Dan Galeria de São Paulo – galeria de prestígio internacional.

Participou da 21a Bienal Internacional de São Paulo em 1991, assim como em diversas feiras de arte contemporânea, como ArtBasel Hong Kong (com Galeria Jorge Mara-La Ruche, 2013, Hong Kong), SP Arte (com Dan Galeria, 2007-2011, São Paulo), ArteBA (com Galeria Jorge Mara-La Ruche, 2008-2011, Buenos Aires), Pinta Art Fair (com Dan Galeria, 2009, Nova Iorque), Art Basel (com Galerie Denise René, 2010-2013, e com Mara-La Ruche, 2011, Basel), Fiac (também com Denise René, 2010-2011, Paris) ARCO (com o stand da Dan Galeria, 2004-2011, Madri) e ArtBo (com a Galeria Cayón, 2011, Bogotá). Sua obra é parte de coleções tão importantes como a da Pinacoteca do Estado de São Paulo, Brasil, entre outras coleções internacionais.

(texto cedido pela Galeria Jorge Mara-La Ruche, Buenos Aires, Argentina).

Mais informações sobre o artista em www.sociedadedamesa.com.br/arte, onde pode ser encontrado o currículo detalhado do artista. Também pode-se conhecer melhor o artista, consultando sua página pessoal http://www.macaparana.net e as galerias que o representam com exclusividade pelo mundo:

FRANÇA: Galerie Denise René

Rive Gauche, 196, Bd. Saint-Germain, Paris 7 – França

www.deniserene.com

ESPANHA: Galeria Cayón

Orfila, 10, 28010, Madrid – Espanha

www.galeriacayon.com

BRASIL: Dan Galeria

Rua Estados Unidos, 1.638, São Paulo – SP – Brasil – CEP 01427-002

www.dangaleria.com.br

ARGENTINA: Galería Jorge Mara La Ruche

Paraná, 1.133, Buenos Aires – Argentina

www.jorgemaralaruche.com.ar

E.U.A.: Arevalo  Gallery

151 NE, 40th St Suite, 200

Cartier Building The Design District Miami FL 33137 – USA

www.arevalogallery.com

A obra

novo

 A sofisticação visual da obra de Macaparana parece enfrentar o fato de que este artista brasileiro é autodidata. O artista nasceu em uma família onde a oficina de costura de seu pai foi o seu centro de entretenimento. As regras, os moldes, os gizes coloridos, agulhas e linhas foram os elementos que o guiaram na construção de seu mundo e contribuíram para moldar seu olhar. “Todo o meu trabalho é uma consequência, uma lembrança da minha infância, do contato com todo este universo.”

Sua obra mostra-nos que o artista está interessado na música. “A música é muito cativante para mim, não poderia trabalhar sem ela”. Todo seu trabalho é uma busca para estabelecer vínculos profundos com a música. Seu trabalho tem uma conexão refinada e íntima com a geometria que está ligada à matemática, à harmonia das formas e ao equilíbrio. Uma importante relação musical para o artista, porque guarda uma forte correspondência com a música. “A geometria, as cores, a forma, tudo é música. Entrar nesse universo é uma sensação muito viva. É muito importante para nós o contato com a geometria indígena e com a geometria popular. A geometria é algo muito forte, é parte de tua vida”.

Macaparana transita entre arte concreta e construtiva e, como o próprio comenta, “O artista que mais me incentivou à mudança da figuração pela geometria foi Torres Garcia. O contato com a sua obra foi determinante.”

Um contato que mostra claramente a influência duradoura daquele grande mestre e o seu lugar nesta tradição da qual faz parte, a que reinterpreta e transforma. Mais tarde, a relação com Willys de Castro e Hércules Barsotti, em São Paulo, marcam a passagem definitiva para a abstração.

(Texto de Patricia Avena Navarro para a Galería Denise René, de Paris, França, 2013).

 Ficha técnica:

Macaparana (Pernambuco, Brasil, 1952)

Obra da série “Composições Livres”, 2013

Fotogravura, relevo e chine collé de papel Okawara de 64 g

2 placas de fotopolímero de 78 x 47 cm

Papel Somerset 410 g  de 96,5 x 62,5 cm

Assinado e enumerado na parte inferior

Editado e impresso por Benveniste Contemporary, Madri

Preço único: R$ 1.700 (550 €)

Forma de pagamento:

Pagamento à vista ou em até 3X no cartão de crédito.

Pedidos:

Pedidos devem ser feitos até 10 de maio de 2014, pelo e-mail arte@sociedadedamesa.com.br ou 0800 774 0303

Mais informações:

www.sociedadedamesa.com.br/arte

Deixe um comentário