Cappupino Ccinotage, Pinotage 2013

1

É curiosa a origem do nome deste vinho, já que não está na bodega, e sim nos consumidores que o descreviam, pelo peculiar aroma e sabor do Pinotage de Boland Kelder como “vinho-café”, em virtude de seus agradáveis aromas torrefatos. Aquilo que no início incomodou a bodega, uma vez que poderia “rotular” seus vinhos, converteu-se em um atributo, quando comprovaram, com certa surpresa, que os consumidores jovens e menos experientes acabaram por difundi-lo ao denominá-lo “Coffee Pinotage”. Neste momento, Boland Kelder Cellar entendeu como são assimilados os sugestivos aromas de moka e café fundidos com uma intensa fruta vermelha, caracterítisca do Pinotage.  Orgulhosos disso, chamaram-no de Cappupino Ccinotage.
BC_Cappupino-ccinotage

País: África do Sul

Região: Western Cape

Indicação Geográfica: Coastal Region

Uvas: 100% Pinotage

Álcool: 13,5%

Produtor: Boland Kelder Cellar

O vinho

As uvas Pinotage procedem de diferentes vinhedos, todos de Coastal Region.
Cada finca é vindimada em seu melhor ponto de maturação e fermentada de forma independente em depósitos de aço inoxidável, com temperaturas que não superam os 28ºC, sempre buscando respeitar ao máximo o potencial de fruta das uvas. Depois da fermentação alcóolica e malolática, o enólogo realiza um coupage das distintas procedências, passando uma fração do vinho em barris de carvalho, por 6 meses. Esses barris com tosta especial foram desenhados pela própria bodega, permitindo potencializar os aromas de café e respeitar a expressão frutal do vinho.

sociedade-da-mesa

A cata

De cor vermelho-cereja e média intensidade, característica desta variedade Pinotage. De início, o vinho apresenta-se um pouco fechado. É necessário paciência, pois ele precisa respirar, airar-se para realmente expressar todo o seu potencial. Embora a expectativa de que as memórias de café fossem protagonistas, o sedutor deste vinho é a integração das notas de moka e chocolate amargo, que se fundem com notas de frutas vermelhas e memórias de coco. Na boca, é um vinho fácil de beber, sedoso, de final longo com marcado retrogosto da tosta do barril.

Harmonização

Trata-se de um vinho para consumo cotidiano, que pode acompanhar todo tipo de prato. Excelente para harmonizar com pasta ao pesto e também com frutos do mar ou uma salada de abacate com camarões, por exemplo. Contudo, se quisermos ser um pouco mais atrevidos, não devemos deixar de degustá-lo com as sobremesas. Encaixa perfeitamente com um tiramisù.

Temperatura

Degustar a uma temperatura compreendida entre 14 e 16º C.

A guarda

Para desfrutar já, podendo ser consumido nos próximos 4 anos (2015 a 2019). Se o consumo acontecer após os próximos 12 meses, recomendamos que seja decantado ao menos meia hora antes de ser degustado.

Este curioso e sedutor Cappupino Ccinotage Pinotage; sul-africano pode ser desfrutado a qualquer hora – exceto no café da manhã, por mais “Cefee Pinotage” que seja.

Texto: Alberto Pedrajo

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!