Canteiro: Árvores frutíferas em vaso

0

canteiro

Que tal trazer um pouco mais de verde para dentro de casa? Você não precisa ter uma varanda de 10 m2 ou um jardim interno para criar seu cantinho verde. Um pequeno espaço que receba luz do sol pode resolver, e muito, a sua vontade de trazer o verde para dentro de casa.

Desta vez vamos falar sobre cultivar árvores dentro de casa, especialmente as frutíferas. Algumas espécies podem ser facilmente plantadas em vasos e se desenvolvem muito bem. Claro que elas estarão limitadas… não pense que terá uma floresta com árvores gigantes que alcançarão o teto! Por isso, o tamanho do vaso é superimportante: quanto maior, melhor.

Algumas das espécies de frutas que se adaptam muito bem em vasos, produzindo frutos muito saborosos são a acerola, pitanga, jabuticaba, romã, laranja kinkan. São espécies de crescimento lento.

Mas vamos lá, algumas dicas devem ser seguidas.

A escolha do vaso é importante. Opte pelo maior tamanho que puder, quanto maior o vaso, mais espaço para as raízes se desenvolverem.

Quanto ao tipo do vaso, terra e plantio, já falamos anteriormente, mas vale a pena retomar.

Por ser um ambiente interno, escolha vasos mais leves e de preferência com rodízios, isso facilita na hora da limpeza. O prato é essencial neste caso, para evitar que a água drenada vá para o piso.

Assegure-se que o vaso possui pelo menos um furo no fundo para drenagem. Cubra o fundo do vaso com argila expandida e em seguida, com uma manta geotêxtil.

Chegou a hora da terra, e esta deve ser adubada (rica em matéria orgânica). Coloque-a e mantenha um buraco para receber a muda. Muito cuidado na hora de transplantá-la, seja do saquinho ou do pote. Se for saco plástico, rasgue o saco para que o torrão não quebre. Se for pote de plástico, aperte cuidadosamente as laterais com as palmas das mãos para soltar a muda. O torrão deve sempre sair inteiro, sem machucar as raízes.

sociedade-da-mesa

Coloque a muda na terra e complete com mais terra, até o topo. Em seguida, regue um pouco para assentar e observe se a drenagem foi bem feita.

Vale colocar uma camada de pedrisco ou casca de árvore sobre a terra, pois isso impedirá que ela espirre quando você regar, além de manter a umidade. É importante regar três vezes por semana, e se certificar que a sua árvore está recebendo luz do sol por pelo menos três horas por dia.

Esta é a melhor época para o plantio, até o fim da primavera, pois é quando as plantas estão com todo seu vigor e força. Não esqueça de fazer umas três adubações por ano, pois a terra no vaso está confinada e seus nutrientes se esgotam. Opte por uma adubação rica em fósforo e matéria orgânica (húmus de minhoca também é muito bom).

Outra dica importante: as plantas, principalmente as árvores, gostam de ficar num só lugar, assim como na natureza. Portanto, não fique mudando o lugar do vaso de acordo com a decoração, ok?

Acho que já estamos prontos. Agora só falta escolher qual fruta você prefere.

Texto: Erica Ochoa
Fotos: banco de imagens

Experimente nossas seleções e viva a melhor e mais abrangente experiência enológica. Associe-se!

 

Deixe um comentário