Química dos alimentos: Limão

Nesta coluna você encontrará fatos e curiosidades sobre a química e composição de alimentos. Além de algumas de suas contribuições para o organismo. Sempre de forma leve e gostosa, no espírito de enaltecer o viver bem, com prazer e alegria.

LIMÃO

“QUANDO A VIDA LHE OFERECER UM LIMÃO, FAÇA UMA LIMONADA”

                                                                                                          Dito popular

 

A máxima da sabedoria popular refere-se ao sabor ácido, limão2mas o sentido em que se emprega o ditado não faz justiça ao Citrus limon. O limão, ao contrário do que mostra a analogia de “azedou”, é muito mais do que isso. Pense num dia de verão onde a sensação térmica é próxima de um forno industrial. Uma refrescante limonada vai muito bem, não acha? E um picolé de limão também não é de se jogar fora…

O fruto do limoeiro é originário da Ásia e é um dos frutos mais conhecidos do planeta, com aproximadamente 100 variações. Em terras verde-amarelas temos intimidade com quatro delas: o galego, que é aquele da casca verde-clara; cravo, parecido com uma laranja; siciliano, que é maior e bem amarelado, bom para doces e licores, e o taiti, o mais verde dos quatro, menos ácido e mais suculento.

Para adoçar qualquer suspeita, vamos dizer que o limão é um bom companheiro e não é de hoje. Já no tempo das grandes navegações, os marinheiros sabiam que ele ajudava a prevenir e combater doenças como o escorbuto. E ainda servia pra dar uma boa temperada nas refeições dos lobos do mar. Agora, para esquecer de vez o azedume, lá vêm motivos pra ficar com água na boca: bolo de limão, pudim de limão, suflês, pavês, brigadeiros, tortas (incluindo as indispensáveis raspas de limão, que a deixam linda e apetitosa). Tudo isso sem falar na brasileiríssima caipirinha. A composição do limão? É das melhores! O limão tem “n” propriedades medicinais, contra infecções, febres, problemas de respiração, aterosclerose e muito mais. Confira no quadro.

  • Vitamina C: nada de escorbuto! Ela previne contra resfriados, ajuda a regular os níveis de colesterol e dos radicais livres, previne contra gripes e faz muito bem para a saúde de um modo geral.
  • Vitamina A: deixa a pele mais bonita e viçosa, contribui com a saúde dos olhos e aumenta a vida útil das células, entre outras benesses.
  • Vitamina B6 (Piridoxina): combate a anemia, faz bem pra pele e contribui com o sistema nervoso, inclusive suavizando os sintomas da TPM. Mulheres, tomem limonada!
  • Vitamina B12 (Cobalamina): protege o DNA, impedindo a quebra de cromossomos, contribui com as células vermelhas do sangue, ajuda na manutenção do sistema nervoso (mais uma), aumenta a saúde muscular, previne contra a depressão e é excelente para os idosos.
  • Vitamina E (Tocoferol): antioxidante, previne o envelhecimento das células, ajuda no crescimento e desenvolvimento, e deixa a pele mais firme auxiliando a produção de colágeno e melhorando a cicatrização.
  • Ácido cítrico: além de prevenir a pneumonia, ajuda a estabilizar o ph dos líquidos do corpo e contribui com a formação e manutenção dos ossos. Funciona como bactericida natural no estômago e intestinos.
  • Outros componentes: cálcio, excelente para os dentes e ossos; ferro, que metaboliza proteínas; fósforo, que é bom para a memória, e potássio, que combate o estresse.

Com tudo que o limão oferece de bom, não pense duas vezes: se você não receber um limão da vida, corra à quitanda mais próxima e compre logo uma dúzia. E faça logo uma limonada, um doce, uma torta e, por que não, uma caipirinha.

TEXTO: RENATO SOARES

 

Um comentário em “Química dos alimentos: Limão

Deixe uma resposta