Château Plantey 2012 | Seleção Obras-Primas

BOTTLE SHOT PLANTEY 12 MO
Desfrutem nossa seleção Obras-Primas. Château Plantey 2012 – um supervinho; um excelente coupage de Merlot e Cabernet Sauvignon, elegante, intenso, perfumado… um grande de Pauillac. Um bom exemplo do “savoir-faire” da região.

País: França

Região: Médoc – Bordeaux

Indicação Geográfica: Pauillac AOC

Uvas: 50% Merlot + 50 % Cabernet Sauvignon

Crianza: 12 meses em barris e tinas de carvalho

Álcool: 13% vol.

Produtor: Château Plantey

O vinho

A família conta com um espetacular vinhedo cultivado sobre uma única parcela de 27 hectares, com uma média de 30 anos. Um solo profundo de pedras sílicas permite aos vinhedos aprofundarem as raízes em busca de água e nutrientes que aportam o caráter e a personalidade de seus vinhos. Por se tratar de uma parcela única, o seguimento das maturações permite que as varietais sejam vindimadas em datas diferentes e no seu ponto ótimo.

Após receber a uva na bodega, o Cabernet Sauvignon e o Merlot são fermentados de forma separada em depósitos de aço inoxidável com controle de temperatura e bombeamentos diários, prolongando-se o encubado durante 3 semanas. Finalizada a fermentação, o vinho é trasfegado para tinas de madeira e barris novos de carvalho francês, donde realiza a fermentação malolática e completa sua crianza durante um período de 12 meses. Após esse período de crianza, os varietais são ensamblados e permanecem em depósito uns meses, até sua completa integração e clarificação espontânea, para depois prosseguir com uma leve filtragem.

A cata

Vermelho intenso de capa média. Boa intensidade aromática, onde se destacam as frutas maduras, junto com leves notas de especiaria e um delicioso fundo de amora. Na boca, novamente aparecem os sabores percebidos no nariz. É saboroso, com uns taninos muito redondos e integrados, que aportam longitude e peso ao vinho. Acertada acidez, que aporta frescura sem incomodar, o que me faz intuir que ganhará com os anos.

Harmonização

Este vinho deve ser degustado em primeiro plano – tem que ser mais que um complemento, e sim o verdadeiro protagonista. Este Pauillac, acompanhado com um queijo de ovelha curado, ou com um cordeiro assado com finas ervas e acompanhado de cogumelos, nos permitirá desfrutar dos ricos matizes de um vinho único. Confira a receita de cordeiro com cogumelos que separamos para este vinho!

sociedade-da-mesa

Temperatura

Degustar a uma temperatura compreendida entre 15 e 17º C. É muito recomendável decantá-lo para melhorar sua oxigenação. Se optar por guardá-lo e não consumir no momento, cada vez mais será necessária a sua oxigenação em um decanter fundo, esperando, no mínimo, 30 minutos antes de seu consumo.

Guarda

Está pronto para ser desfrutado. Mas com a segurança de que ainda vai crescer na garrafa nos próximos anos, claro, em boas condições de conservação. Estima-se um consumo ótimo dentro dos próximos oito anos (2016 – 2024). Densos, saborosos e profundos, os vinhos de Pauillac são, antes de mais nada, elegantes, e com firmes porém redondos taninos, além de um bouquet muito delicado.

Texto: Alberto Pedrajo

Porque selecionei – Por Dario Taibo
Este vinho selecionei por responder à perfeição os critérios da Seleção Obras-Primas. É um Cru Bourgeois e AOC Pauillac, uma novidade entre as seleções.

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!
 

Deixe uma resposta