Coastal Region, a origem da viticultura na África do Sul

0

6A indústria vitivinícola da África do Sul tem suas origens na Coastal Region. Mais especificamente nas áreas de Constantia e Stellenbosch. Onde se iniciou a história vitivinícola do país.

E foi Simon Van Der Stel, segundo governador do Cabo, quem cultivou pela primeira vez uma fazenda vitivinícola em Constantia. Além de ser o responsável por fundar a cidade de Stellenbosch em 1679.

Coastal Region é uma referência na viticultura da África do Sul, graças à diversidade de áreas vitivinícolas, à perfeita adaptação das principais variedades e às condições de cultivo.

Essa região é considerada a mais importante em termos de cultivo de vinhedo. E tem uma longa história na elaboração de grandes e prestigiados vinhos. Trata-se de uma das 6 regiões vitícolas inclusas em Western Cape. Que ao mesmo tempo se subclassifica em 7 regiões: Cape Point; Darling; Paarl; Stellenbosch; Swartland; Tulbagh e Tygerberg.

Mesmo sendo seu clima descrito como principalmente mediterrâneo, os ventos dos oceanos Atlântico e Índico, junto com a influência da montanha, combinam-se para produzir condições algo extremas em algumas áreas da região, aproximando mais sua viticultura de um modelo de clima frio, como o da Nova Zelândia ou o do norte da Europa, ampliando a gama de mesoclimas na região.

sociedade-da-mesa

E esta é a origem do nome dos vinhos que estamos apresentando nesta Seleção Mensal: Sun & Air, que reflete a combinação desse clima mediterrâneo unido ao clima marítimo do Atlântico do Cabo, fazendo com que os vinhedos da sejam legendários.

Além da climatologia, outra de suas principais características vitivinícolas é a existência de dois tipos deferentes de solo; a característica argila vermelha forma solos de grande profundidade e facilita a retenção de umidade, o que permite o crescimento e desenvolvimento de um vinhedo equilibrado; e os solos leves de areias, nos vinhedos mais próximos da costa, que são conhecidos pela boa capacidade de drenagem e alto conteúdo de minerais.

Mesmo sendo estes os principais tipos de solo da região, também podemos encontrar áreas com perfis diferentes, ampliando a diversidade dos “terroirs” da Coastal Region.

Texto: Alberto Pedrajo

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!

 

Deixe um comentário