Green Berlim

0

No pós-guerra, Berlim renasceu dos escombros mais moderna, inovadora e consciente. Virou não apenas a capital mais verde da Europa; mas também a nova meca natureba dos vegetarianos, orgânicos e sustentáveis.

Em 2011, ganhou o primeiro supermercado totalmente vegano do planeta, o Veganz. Que oferece mais de mil itens, entre leites vegetais; queijos; bebidas à base de plantas; sorvetes e cosméticos não testados em animais.

Em Berlim, o restaurante Daluma serve smoothies de desintoxicação com lentilhas, massas e quinoa. No The Bowl, é tudo 100% sem açúcar e glúten, desde as refeições mexicanas de abacate e milho, até os pratos de noodles com tomates e vegetais.

Você encontra ainda kebabs veganos, leites feitos de aveia, nozes e macadâmia. Londres, Paris, Roma e Bruxelas são outros destinos bem palatáveis para os veganos.

sociedade-da-mesa

Se você está em Sampa, gosta de pizza e segue a linha saudável, há várias opções interessantes, como a massa feita com a manteiga indiana ghee, sem ovos e leite, da Pizzaria Integrale.

O No Bones de Perdizes – primeiro açougue paulistano vegetariano –, vende costela de cogumelo eryngui, coxinha de jaca, linguiça de feijão e hambúrguer de grão de bico. “Vegan is the new black”, como se diz na Schivelbeiner Straße, a primeira avenida vegana do mundo.

Texto: Fábio Angelini

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!

 

Deixe um comentário