Para investir no ramo das comidas, não é obrigatório ser um cozinheiro de mão cheia; e nem um profundo conhecedor do mercado, embora isso ajude. Certas ideias podem brotar de necessidades óbvias, mas é preciso estar atento, em sintonia com o mundo que nos cerca hoje.

Foi mais ou menos o que aconteceu com a nutricionista e especialista em comunicação Priscila Sabará; a criadora do site Foodpass. Observando a maneira como as pessoas à sua volta se relacionavam com o alimento que consumiam, pensou em melhorar essa simbiose. Não abrindo um restaurante ou produzindo alimento, e sim uma plataforma-curadoria.

Filtra o que há de mais interessante e único em experiências gastronômicas, reunindo arte; entretenimento e culinária. Vende ingressos para os eventos em cartaz, e também dos próprios eventos temáticos que inventa, como o “Food Hunters”; (tour gastronômico pelo centro de São Paulo) e o “Banquetes de Cinema” (um chef faz pratos inspirados nos filmes que os comensais irão assistir).

sociedade-da-mesa

Quando começou, o Foodpass comercializava tíquetes para dois projetos; hoje são dezenas por mês. O segredo do portal é promover encontros inusitados, seja em lugares impensados, jantares secretos, viagens ou visitas a produtores, mas sempre transformando o ato de comer em um momento delirante.

Texto: Spartaco Rodrigues

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!