A vitalidade é roxa

0

O roxo, cor rara na natureza, é geralmente associado à espiritualidade, criatividade, realeza e ao misticismo. Pelo menos, no universo da beleza e da moda.

Mas no campo da gastronomia, os alimentos de tom púrpura, violeta e lilás são hoje, talvez, os maiores carros-chefe da onda saudável.

Segundo pesquisa realizada pela Whole Foods Market, grande rede americana de mercadorias naturais, os produtos roxos vêm crescendo em popularidade.

A lista é considerável: batata-doce, aspargo, açaí, jabuticaba, couve-flor, alface, azeitona, berinjela, uva, beterraba e por aí afora. O benefício: altos teores de antocianina, um dos antioxidantes mais poderosos para atuar no rejuvenescimento e no reforço dos sistemas imunológico e cardiovascular.

sociedade-da-mesa

A cantora Mariah Carey segue a “Purple Diet”: 3 dias por semana só de itens roxos no prato. Pode ser uma geleia de framboesa ou amora, no café do manhã ou lanche da tarde; trocar a cebola comum pela variedade roxa; comer ameixas cruas, ou até grelhadas e polvilhadas com canela; figos acompanhados de rúcula e nozes; fatias finas de repolho ultravioleta temperadas com vinagre balsâmico. Tudo para você ver a cor e o sabor com os olhos. No tom da saúde.

Texto: Spartaco Rodrigues

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!

 

Deixe um comentário