Considerado um doce típico alemão, passou por várias etapas até ser servido na versão atual. O chef Ângelo Perrella revela detalhes dessa trajetória!

Desde a infância, o chef Ângelo Perrella esteve ligado à arte da confeitaria, afinal aprendeu o ofício com seu pai Benedetto Perrella. Comandou diversas docerias e participou de campeonatos mundiais de pastisseria, como participante, capitão e técnico. Formou muitos alunos em escolas de gastronomia e é coautor do livro “Receitas Históricas da Confeitaria Mundial”, que aborda receitas de todo o mundo, publicado pela Editora SENAC.

Entre elas, destaca-se um doce típico alemão que faz sucesso em todo o mundo: o apfelstrudel. Segundo ele, o strudel é originário da Bavária ou Áustria, no período da Idade Média, sendo que foi aperfeiçoado na Hungria. “Feito de forma rústica e caseira, era preparado com peixes e repolhos e servido como prato principal”, conta. No entanto, as mulheres judias passaram a servi-lo com maçãs, queijos adocicados, sementes de papoulas e ameixas, pois preferiam o sabor adocicado. “Os confeiteiros alemães introduziram nozes e passas e, hoje, o apfelstrudel é feito com a massa phillo (popular na Grécia e Turquia), ou massa folhada”, finaliza.

sociedade-da-mesa

Receita Apfelstrudel

Ingredientes:
1 kg de maçãs sem casca e picadas
200g de uvas-passas
1 colher (chá) de canela em pó
Noz-moscada a gosto
200g de nozes picadas
Suco de 1 limão
Casca ralada de 3 limões
150g de açúcar
300g de manteiga
450g de massa phillo ou massa folhada
80g de pão cortados em cubos levemente torrados
Açúcar de confeiteiro para polvilhar

Modo de preparo:
Em uma tigela, coloque as maçãs, as uvas-passas, a canela, a noz-moscada, as nozes, o suco de limão, as raspas de limão e o açúcar. Misture bem e reserve. Derreta a manteiga em banho-maria. Em cima de uma toalha, abra a massa bem e pincele com a manteiga derretida. Salpique o pão torrado e esmigalhado. Em cima dessa massa, coloque as maçãs em sentido vertical e vá enrolando com o auxílio de uma toalha até dar várias voltas. Pincele a superfície com manteiga derretida e asse em forno a 180 °C por 30 a 45 minutos. Sirva morno e polvilhado com açúcar.

Rendimento: 10 porções

Texto: Simone Cunha

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!