Muito comum no Nordeste, o pudim de tapioca foi sendo adaptado ao longo dos anos e, de uns tempos para cá, ganhou prestígio entre as sobremesas. Conheça sua origem.

A chef Denise Maeda, sócia do atelier de doces Sugar Made, uniu a paixão pela gastronomia com a habilidade para transformar pequenos doces e bolos em verdadeiras obras de arte. Formada em Ciências Contábeis, trabalhou por 10 anos na área de Finanças, porém o amor pela confeitaria falou mais alto. É ela quem nos traz mais informações sobre o pudim de tapioca, uma sobremesa bem brasileira e que vem conquistando o paladar fora do Nordeste.

“O pudim surgiu no Século XVI, dentro dos conventos portugueses e nos foi passado pelos colonizadores”, destaca. Segundo Denise, com o passar dos anos, o pudim foi sofrendo algumas adaptações e recebendo ingredientes típicos brasileiros. “Por isso, escolhi uma receita com um produto que representa bem o nosso País: o caju”, diz. A tapioca é a fécula extraída da mandioca, usualmente preparada em forma granulada, e muito consumida nos estados da região Nordeste. “E o caju é uma fruta bem típica na região, gerando uma combinação perfeita”, finaliza.

sociedade-da-mesa

Receita Pudim de tapioca

Ingredientes:
170g de tapioca granulada
340ml de leite integral
395ml de leite condensado
4 ovos
200ml de leite de coco
60g de açúcar refinado

Modo de preparo:
Bata os ovos com um garfo, misture os demais ingredientes com uma espátula, deixe em repouso por uma hora. Coloque em forma no banho-maria e leve para assar em forno pré-aquecido 180°, por 65 minutos. Após frio, use um cortador para deixar na dimensão desejada. Aqui, a sugestão para o empratamento foi utilizar um biscuit de tuille, sorbet de caju e chocolate Callebaut Origin Collection

Receita Sorbet de caju

Ingredientes”
2 claras
120g de açúcar refinado
60g de farinha tipo 00
60g de manteiga sem sal
50g de leite condensado
30g de chocolate callebaut brazil
100g de polpa de caju
Açúcar a gosto

Modo de preparo:
Bata as claras em neve, adicione açúcar, farinha e manteiga derretida, incorporando-a com delicadeza. Abra no formato desejado em cima de um tapete de silicone, na espessura de mais ou menos 1mm, asse por 8 minutos aproximadamente ou até dourar. Retire do forno e molde rapidamente antes que esfrie, tendo o cuidado para não quebrar. Derreta o chocolate com o leite condensado, misture a polpa de caju com açúcar e congele, moldando no formato desejado. Para decorar o prato, use o creme de chocolate embaixo e encoste o tuille. Coloque o pudim de tapioca ao centro e uma quenelle de sorbet por cima para finalizar.

Rendimento: 6 porções

Texto: Simone Cunha

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!