Sazonalidade pede criatividade

Duas irmãs paulistas deram um pé em suas carreiras para abraçar a Davvero Gelato Tradizionale, em 2015. Investiram em cursos, reforma, maquinário e pesquisa de mercado. Aprenderam técnicas na Itália e capricharam na qualidade, com toda a produção feita no local, oferecendo mais de 200 sabores a mil clientes por dia. Nada mal. Então, chegou o inverno e o frio na barriga: o que uma sorveteria pode fazer para evitar a esperada queda na temperatura das vendas? Elementar: café servido na casquinha comestível de chocolate (que até virou item permanente no cardápio).

Outros lugares já estão replicando a ideia, que não é daqui. Veio do barista da “The Grind Coffee Company”, uma pequena e despretensiosa cafeteria, instalada dentro de uma bicicletaria de Johanesburgo. Desde a popularização do espresso na casquinha sul-africano, o estabelecimento atende cerca de 600 clientes por dia e sua página já foi visitada mais de 200 mil vezes. Diferenciais da receita: combinação doce-amargo e paredes da casquinha impermeabilizadas com chocolate.

sociedade-da-mesa

Como lição, fica claro que criatividade e produtos de estação são parceiros no negócio. No subir do termômetro, também é possível e palatável comprová-lo. Seja em uma sopa fria de pera ou em uma caipirinha de tangerina com pimenta dedo-de-moça.

Texto: Spartaco Rodrigues

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!

 

Deixe uma resposta