Viagem fantástica

0

Quando a microscopia encontra a arte, deixa os observadores de olhos arregalados. Seja pelas mãos de cientistas ou artistas, alimentos comuns ampliados por poderosas lentes geram imagens fascinantes. Que encantam pela riqueza e psicodelismo de formas, cores e padrões.

Apaixonada por culinária e fotografia, Karen Alpert trabalha sua “Fine Art” explorando comidas do dia a dia. Na série “The Beauty + Biology of Our Food”, reuniu cebola-roxa; bolacha de chocolate; banana; anis estrelado; camarão; mirtilo e biscoito da sorte, por exemplo. Já o cientista Michael Davidson chamou a sua sequência de “Beavshots”: vinho branco, tequila, vodca, margarita… só registros de bebidas alcoólicas.

Outro colega de profissão, o havaiano Gary Greenberg , criou ao longo de 21 anos seu próprio microscópio 3D de alta resolução, com a intenção de desvendar segredos da comida e bebida. Fotografou desde morangos e manjericão até açúcar e vinho tinto.

sociedade-da-mesa

Um universo oculto, surpreendente e colorido, que rivaliza com a obra insólita do “microminiaturista” Vladimir Aniskin: utilizando microscópio e ferramentas especiais, o russo faz esculturas que cabem na metade de um grão de arroz ou em uma semente de uva. Mas peça uma lupa para apreciar melhor.

Texto: Spartaco Rodrigues

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!

 

Deixe um comentário