Château Mangot

0

Anne-Marie Petite e seu esposo, Jean-Guy Todeschini, são os
proprietários de Château Mangot desde que o pai de Anne-Marie lhes
passou a responsabilidade de fazer a gestão da bodega em 1989. Era
o momento de renovações importantes e do ressurgimento da
propriedade; reconstrução de vinhedos, remodelação de edifícios e
modernização das bodegas.

Este trabalho durou duas décadas e continua sendo uma constante na bodega, principalmente depois de 2008, quando os filhos de Anne-Marie e Jean-Guy (Karl e Yann) juntaram-se a eles para buscar a excelência de seus vinhos.

Um projeto com três gerações de viticultores que sempre apostaram no trabalho paciente, com o único objetivo de elaborar vinhos à altura de uma das regiões vitivinícolas mais prestigiadas do mundo, Saint-Émilion.

sociedade-da-mesa

Tudo isso de mãos dadas com seu enólogo consultor, Jean Luc Thunevin – que conseguiu interpretar os vinhedos da propriedade para elaborar vinhos com uma forte personalidade e todo o valor da região.

No vinhedo de 35 hectares de Château Mangot cultivam- se as 3 variedades tradicionais de Saint-Émilion. A Merlot domina a área com 85%, seguida de 10% de Cabernet Franc e 5% de Cabernet Sauvignon.

O vinhedo divide-se em 21 parcelas separadas, baseadas em uma combinação entre tipos de solo e orientação, e tem uma média de idade de 40 anos, destacando algumas parcelas de Merlot que superam 60 anos, as quais são destinadas à elaboração dos vinhos top da bodega.

Texto: Alberto Pedrajo
Tradução: Paula Taibo

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!

 

Deixe um comentário