Estudo liga aumento no tamanho das taças ao maior consumo de vinho

0

Britânicos acreditam que crescimento no volume das taças “engana” o cérebro e nos
faz beber mais

Pesquisadores da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, publicaram um
estudo na revista científica British Medical Journal, no qual sugerem que o
aumento do volume das taças de vinho do país pode estar ligado ao consumo
maior da bebida.

De acordo com eles, o tamanho das taças vem aumentando substancialmente
nos últimos 300 anos – indo de uma média de 66 ml, em 1700, para atuais 449 ml, ou seja, um aumento de mais de seis vezes. O crescimento tornou-se mais acelerado desde a década de 1990, seguindo uma demanda do mercado por recipientes maiores. Em paralelo a este cenário, o consumo de vinho do Reino Unido duplicou entre 1980 e 2004.

De acordo com a líder do estudo, Theresa Marteau, apesar de ainda não estar comprovado cientificamente que o aumento nas taças acarreta num consumo maior, a percepção humana trabalha em unidades, e, por isso, nosso cérebro tem dificuldades em diferenciar uma taça de vinho de 100 ml de uma de 400 ml e acaba contando as duas como “uma unidade”.

sociedade-da-mesa

Para a especialista em vinhos Jancis Robinson, outro fator a ser levado em consideração é que o tamanho maior das taças, além de motivar as pessoas a beberem mais sem perceber, ainda acelera o consumo, uma vez que os vinhos brancos e rosados tendem a esquentar mais rápido quando estão em taças
maiores, o que leva as pessoas a beberam mais depressa para evitar que isso aconteça.

Além destas questões, diversos estudos científicos que apontam benefícios e malefícios do vinho medem o
consumo em unidades de álcool puro (10 ml), que corresponde a uma taça de vinho de 175 ml, volume que geralmente é omitido. Ou seja, a taça atual, de 449 ml, excede em mais de duas vezes a unidade
de medida das pesquisas, gerando confusão nas recomendações.

Texto: Ana Carolina de Carvalho Almeida

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!

 

Deixe um comentário