Silver Myn Argentum 2016 Stellenbosch | Seleção Mensal

0

Sylver Myn – Argentum 2016 é um “blend” onde se integram com muita precisão os 5
varietais da região de Gironde: Merlot, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Petit Verdot e Malbec. Isso, sem perder a personalidade do vale de Banhoek, onde grandes vinhos destacam-se pelo correto equilíbrio de acidez, açúcar e maturidade fisiológica. Vinhos como este que estamos apresentando – cheio de fruta e intenso, surpreendendo pela profundidade e estrutura, mas, de acordo com a filosofia da bodega e do “terroir” de Banhoek, com um final longo e uma relação entre qualidade e preço difícil de melhorar.

País: África do Sul
Região: Coastal Region
Indicação Geográfica: Stellenbosch
Uva: 50% Merlot, 28% Cabernet Sauvignon, 14% Cabernet Franc, 6% Petit Verdot e 2% Malbec
Maturação: 12 meses em barris de carvalho francês de diversos usos
Álcool: 14,5% vol.
Produtor: Zorgvliet Wines

O vinho
A uva procedeu de vinhedos com idade média de 10 a 11 anos. A vindima foi realizada entre as duas últimas semanas de março e as duas primeiras de abril de 2016, e o rendimento foi baixo: aproximadamente 7.000 kg/ha. As variedades foram fermentadas separadamente antes da maceração a frio, que foi feita durante 3 a 5 dias a 12ºC, antes da fermentação, para extrair a maior quantidade de fruta possível. A duração da fermentação variou entre 8 a 10 dias, de acordo com cada varietal, realizando-se 4 remontados por dia para uma ótima extração de cor e taninos. Após a fermentação alcoólica e malolática, o vinho passou para o barril, onde cada varietal maturou de maneira independente até completar os 12 meses, momento no qual o enólogo realizou o assemblage final, com 50% Merlot, 28% Cabernet Sauvignon, 14% Cabernet Franc, 6% Petit Verdot e 2% Malbec.

sociedade-da-mesa

Cata
Vermelho com brilhos violetas. No nariz, destaca-se principalmente a fruta preta madura, com lembranças de fruta vermelha e finas notas de crianza. Na boca tem longa passagem, apresenta- se robusto e com marcada estrutura, mas com taninos redondos, lembranças de fruta madura em conserva e marmelo doce. Em seu conjunto, é um vinho profundo e envolvente.

Harmonização
Um petisco de queijo de meia cura com embutidos semicurados pode ser um bom início. Carnes vermelhas, um frango na brasa macerado com ervas ou pratos mais gordurosos e condimentados do sudoeste asiático também são ótimos companheiros para este Silver Myn – Argentum 2016.

Serviço
Sua temperatura de consumo deve estar em torno dos 16 a 18ºC. Não é necessária sua decantação com antecedência ao momento de consumo nos próximos meses.

Guarda
Estima-se um consumo ótimo de agora até os próximos dois anos. É esperado que as notas de fruta preta progressivamente evoluam para um perfil mais voltado para o balsâmico e de especiarias.

Texto: Alberto Pedrajo
Tradução: Paula Taibo

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!

 

Deixe um comentário