Salmão é opção saudável e versátil

Muito saboroso, este peixe passou a ser mais consumido com a popularização da culinária japonesa. Mas não é preciso apreciá-lo apenas na versão sashimi. Confira as outras opções!

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que a ingestão de peixe ocorra, pelo menos, duas vezes na semana. Isso totaliza cerca de 12 quilos por pessoa durante o ano. No entanto, muitos brasileiros ainda sentem resistência em incluir os pescados no cardápio, principalmente as regiões mais distantes do litoral. O salmão, por exemplo, ganhou notoriedade com
a popularização da culinária japonesa, afinal ele é item essencial para o preparo de temakis, sashimis e sushis. E o sabor acabou agradando!

A nutricionista Patrícia Oliveira Brito, da Nutrícia Fit SP, explica que o salmão é rico em ácidos graxos, fonte de proteína, ótima fonte de vitaminas do complexo B e D, e selênio. “É um alimento que protege a saúde do cérebro”, acrescenta. Portanto vale incluí-lo na dieta: saboroso, aliado da saúde e de fácil preparo.
“É um peixe muito versátil, porque pode ser feito grelhado, assado, defumado, em forma de filé ou ao molho”, enumera a especialista.

No entanto, a nutricionista alerta que não adianta comprar um peixe e querer consumi-lo frito, à milanesa, pois são versões muito gordurosas. “Uma boa opção é variar entre as versões cru, grelhado ou assado, pois mantém a umidade do salmão e preserva suas vitaminas”. Outra dica é segurar a mão na hora de utilizar o shoyo (molho tradicional usado na comida japonesa), que pode apenas dar um gostinho ao peixe, mas sem comprometer o seu sabor. Lembrando ainda que o shoyo é muito rico em sódio, portanto, exige consumo moderado.

Rico em ômega
Um dos principais benefícios do salmão é seu alto teor de ômega 3. “Os ácidos graxos são considerados gorduras saudáveis essenciais, que não são produzidas pelo nosso organismo, sendo necessário obter por meio de uma alimentação diária”, detalha. O salmão é composto de ácidos graxos poli-insaturados do tipo EPA (ácido eicosapentaenoico) e DHA (ácido docosa-hexaenoico) que trabalham em parceria para um bom funcionamento do cérebro e dos sistemas ocular, nervoso e cardiovascular. “A quantidade de ômega 3 contida nesse alimento é superior aos demais comumente consumidos”.

Na hora do preparo
O salmão, por si só, já é bem saboroso, mas vale apostar em temperos ou acompanhamentos para deixá-lo ainda mais apetitoso. De acordo com a especialista, uma ótima opção de acompanhamento são legumes grelhados, ou seja, um prato saudável e levinho. Os molhos cítricos – maracujá e laranja – também ressaltam o sabor do peixe.

Na hora da compra
É sempre bom prestar atenção se o peixe está na cor certa (tom alaranjado). “Se o salmão estiver com as bordas esverdeadas é sinal de que está há muito tempo sem a conservação correta”. O salmão fresco deve ficar armazenado corretamente sobre o gelo. Em casa, o ideal é conservá-lo no freezer, sendo de 30 a 60 dias congelados e
de dois a três dias na geladeira.

Texto: Simone Cunha

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!

 

Um comentário em “Salmão é opção saudável e versátil

Deixe uma resposta