COMBINAÇÃO EXÓTICA E DELICIOSA

1 2

A arte de cozinhar permite um mistura de tendências, o clássico com o contemporâneo, o oriente com o ocidente e o que sua imaginação permitir. Este prato harmoniza elementos totalmente diferentes, mas que se complementam em uma viagem de sabores. Convidando quatro amigos para desfrutar desta epopéia, você vai usar no preparo do mignon ao molho irlandês, 500g da carne em cubos médios, 3 cebolas médias brancas, 3 cebolas médias roxas, 1 lata de cerveja preta irlandesa (Dica: prefira as irlandesas que são mais fortes e cremosas), duas colheres de sopa de base em pó para molho “demi glace” ou madeira (Dica: este ingrediente é  fundamental para encorpar o molho), sal, azeite e pimenta do reino a gosto. Vamos preparar a carne utilizando um utensílio especial e multiuso: a panela TAJINE.

Esta panela é feita com barro cozido, pintado ou envernizado. Resiste a temperaturas elevadas de cozimento e é dotada de uma tampa cônica concebida de forma que todo o vapor condensado volte para o fundo da panela. Sem a tampa, a base pode ser levada à mesa para servir. Você pode comprá-la em lojas especializadas de cozinha nas variações com a base de cerâmica refratária ou ferro fundido.

3 45

 

Panela Tajine.

Doure bem os cubos de mignon com um pouco de azeite e refogue junto às cebolas (elas devem estar cortadas de forma rústica, em pedaços largos). Dissolva a base do molho na cerveja preta e acrescente ao refogado. Adicione o sal e a pimenta a gosto, tampe a tajine e cozinhe por 10 minutos. O perfume que exala vai invadir o ambiente, um aroma doce, caramelizado no suco da carne acebolada com a cerveja. No preparo do acompanhamento, são utilizados 300g de cuscuz marroquino, 1 maço de salsa picado, um maço de cebolinha picado, 150g de tomatinho cereja cortados ao meio, algumas folhas frescas de hortelã picado, sal e manteiga. Prepare o cuscuz clássico hidratando a sêmola com 300ml de água fervente e 100g de manteiga por 10 minutos.

O ponto dele é um floco cozido e soltinho. Acrescente os outros ingredientes e misture com delicadeza, para deixar o aspecto aerado e leve que o cuscuz ao estilo marroquino deve ter.
Tudo pronto! Uma boa mesa posta e uma música de fundo! Poderá escolher entre uma música do oriente médio ou irlandesa… Prepare os pratos para servir, leve à mesa na própria panela, trazendo o clima exótico do Marrocos à sua casa. Como bebida, acompanhe com um vinho tinto ou uma boa cerveja preta gelada. Sinta a excentricidade desta mistura de sabores, experimente, crie e invente!

Texto: Mateus Giovanni

Fotos: divulgação