Quando você provar este vinho e descobrir a atenção com que Paco e Maria Jesus, seus proprietários, dedicam a cada detalhe de sua produção. Sentirá, como eles, a recompensa de desfrutar das coisas bem feitas.
la valona

País: Espanha

Região: Castilla La Mancha, Espanha

Indicação Geográfica: Vinho da Terra de Castilla

Uvas: 60% Tempranillo, 20% Syrah, 10% Merlot e 10% Malbec

Produtor: Finca La Valona Viñedos e Bodegas

O vinho

A uva é colhida em caixas individuais de 15kg. E conservada até chegar à bodega em caminhão refrigerado para evitar alterações desde o momento de sua colheita. Assim como para baixar a temperatura até 10˚C. E, assim, preservar ao máximo seu potencial aromático.
Uma vez na bodega, é descarregada na mesa de seleção manual, onde os cachos impróprios, assim como os restos de folhas, uvas que não parecem ter a melhor qualidade possível e outros possíveis restos da colheita são retirados.

Assim, consegue-se que somente os cachos de maior qualidade sejam escolhidos para produzir seus vinhos. Depois desta seleção na mesa, a uva é desengaçada e esmagada parcialmente, antes de ir para o tanque tipo Ganimede®.
Máxima fermentação controlada de 28˚- 29˚C, com prévia maceração a frio e pelicular dinâmica, a fim de extrair e preservar todo seu potencial aromático e polifenólico. Depois da fermentação alcoólica diretamente no barril, passa para a fermentação maloláctica.
É feita uma seleção de madeiras e torras para o envelhecimento, onde os barris são escolhidos de acordo com a colheita, procurando respeitar as singularidades próprias de cada safra. A crianza em barris de 225 litros prolonga-se por um período de 16 meses, continuando na garrafa, onde termina de afinar antes de sua comercialização.

sociedade-da-mesa

A cata

Um vinho de luxo, saboroso, estruturado, com uma integração perfeita da fruta madura com a madeira fornecida para um envelhecimento prolongado de 16 meses, em barris de carvalho francês e americano.
A personalidade deste vinho surpreende, e faz com que tenha tudo para ser um grande vinho. De cor cereja intenso, com lágrima destacável, a primeira sensação no nariz são as notas de madeira fina que se unem a notas de cacau, uvas-passas e figos.
Sua boca é equilibrada, com um tanino doce que combina perfeitamente com frutas vermelhas maduras, como cerejas sobre doce de leite, permanecendo longo e vivo na boca.

Harmonização

Quando se lê 15,5% vol. no rótulo da garrafa, geralmente parece um vinho difícil de combinar, pois podemos estar diante do típico “vinho de uma taça só”, forte, quase licoroso, difícil.
Então, desta vez, decidimos experimentar um pouco mais e passamos a saboreá-lo com diferentes pratos, procurando uma boa combinação.
E acreditem, ficamos surpresos, porque um prato de massa com frango marinado com coentro e molho de tomate foi o culpado por acabarmos uma garrafa deste La Valona 2010, um vinho de puro equilíbrio e harmonia. Confira nosa sugestão de harmonização, Blanquette de Vitelo.

A temperatura

Servir a uma temperatura entre 17˚ e 18˚C. Recomendamos abri-lo pelo menos meia hora antes de provar. Não necessita decantar.

A Guarda

Para ser consumido agora, embora durante o próximo ano este vinho vá amadurecer na garrafa, melhorando suas características atuais. Em ótimas condições de conservação, poderemos desfrutar deste vinho nos próximos 2 a 3 anos.

Texto: Alberto Pedrajo

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!
 

Vinhos EspumantePowered by Rock Convert