Mais uma vez, a variedade Tempranillo surpreende-nos com a capacidade de se manter firme durante longos períodos de crianza em barril e em garrafa, para mostrar seu lado mais complexo ou manter o equilíbrio entre a fruta fresca e a meia crianza, como neste caso. Um vinho de êxito, desde sua elaboração até seu envelhecimento.
esencia de fontana

País: Espanha

Região: Castilla La Mancha

Indicação Geográfica: D.O. Uclés

Uvas: 90% Tempranillo e 10% Merlot

Produtor: Bodegas Fontana

O vinho

Essencia de Fontana 2011 é elaborado, como não poderia deixar de ser, nesta bodega. Sobre a base da fantástica uva Tempranillo (90%). E um pequeno aporte de Merlot (10%). Procedente dos vinhedos da família em Finca Monte Carbonero. A ausência de chuvas, durante o período antes da colheita, assim como as temperaturas moderadas no verão de vindima de 2011, conseguiram que a uva alcançasse um ótimo amadurecimento. Uma vez na bodega, as uvas foram desengaçadas, fermentando-se em tanques de aço inoxidável com bombeamentos diários, para facilitar a extração de aromas frutais intensos e sua excelente cor. Depois de completar a fermentação maloláctica nos tanques, o vinho foi trasfegado diretamente para barris e, após uma crianza de seis meses em barricas de carvalho americano, mostra-se pleno de fruta madura, amável e elegante, ainda que mantendo o nervo de sua juventude.

sociedade-da-mesa

A cata

De cor vermelho-cereja intensa e brilhante, que denota sua juventude e sua destacada lágrima, é o prelúdio do que promete ser um excelente vinho. E assim parece ser, quando sentimos o aroma na taça sem agitar, e percebemos notas doces de frutas bem maduras, as quais, uma vez agitada a taça e oxigenado o vinho, tornam-se uma autêntica orgia de frutas vermelhas, morango e cereja bem madura, ajustando-se com marcadas, mas elegantes notas amadeiradas e levemente tostadas. Na boca, não poderia ser menos o que se percebe quando desfrutamos cada gole deste surpreendente vinho, fácil de beber, apesar de sua alta graduação.
Em estruturado, redondo, sedoso, equilibrado, um prazer na boca, que surpreende pelo sabor frutado e permanência.

Harmonização

Com tipos de vinhos com esse equilíbrio entre frutado e estrutura, podemos encaixar perfeitamente pratos mais ácidos de escabeches de aves ou pescado azul, como anchova ou atum; ou com um não menos intenso delicioso – e ao mesmo tempo sutil – prato: ceviche de corvina. Apetecível como aperitivo, mas também delicioso companheiro de uma boa mesa.

Temperatura

Degustar em uma temperatura entre 16º e 17ºC. Não é necessária sua decantação.

Guarda

Mesmo que, a princípio, trate-se de aparentemente consumo jovem, por sua frescura e componente frutal, o vinho melhorará com o passar do tempo em boas condições de conservação. Portanto, será possível desfrutá-lo nos próximos 2 a 3 anos.

Texto: Alberto Pedrajo Pérez e Javier Achútegui Dominguez.

Experimente nossas seleções e viva a melhor e mais abrangente experiência enológica. Associe-se!

 

Vinhos EspumantePowered by Rock Convert