Os vinhos de Bergerac

Temos alma de aventureiros, buscadores de tesouros.

É assim que nos sentimos quando submergimos no oceano vitivinícola e encontramos joias como este Fleur du Thénac 2009, de uma Denominação de Origem como a de Bergerac AOP, cujos vinhos são praticamente desconhecidos fora da França e pouco conhecidos dentro dela.

A sombra de seus vizinhos Pomerol, Médoc, Pauillac e Bordeaux, entre outros, é tão grande que estes vinhos não são percebidos.

Como em muitas outras ocasiões, estamos em uma Apelação de Origem Protegida (AOP) que foi eclipsada por prestigiosos vizinhos.

Mas chegou a hora de AOP Bergerac, que ficou escondida pelos “irmãos mais velhos”.

Pouco a pouco, essa AOP foi amadurecendo, crescendo e mostrando suas atitudes e talentos com seus novos e deliciosos vinhos, como este que estamos apresentando.

Sobre os Vinhos Bergerac

Bergerac encontra-se em Périgord, na região de Aquitânia, ao sudoeste da França e ao leste da região de Bordeaux.

Périgord é reconhecida por sua produção de alimentos de qualidade superior, como o foie gras e as trufas negras.

Por sorte, essas requintadas iguarias da região harmonizam perfeitamente com os vinhos produzidos também nessas terras.

No passado, os vinhos de Bergerac tiveram fama de:

  • rústicos,
  • intensos,
  • estruturados,
  • longe da elegância habitual das regiões próximas.

Talvez por lá as bodegas não tenham as pretensões de sua vizinha Bordeaux, mas depois de experimentar esta Seleção Mensal, certamente, sempre que seja possível, voltarão a experimentar outro vinho de Bergerac.

Nessa extensa região, espera-nos um grande número de surpresas, graças à diversidade de Apelações de Origem Protegidas (AOP) onde encontramos uma grande variedade de vinhos.

Este vinhedo de extensão tão grande, o de Bergerac, no passado pertenceu a Bordeaux, tornando-se independente posteriormente.

Variedade do Tipo de Vinho:

  • As variedades tintas cultivadas em Bergerac são a Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot, Cot, Fer Servadou e Merille – conhecida localmente como Périgord Noir.
  • As variedades brancas são Semillón, Muscadelle, Ondenec, Chenin Blanc e Ugni Blanc.

A região vinícola de Bergerac é constituída das seguintes Apelações de Origem Protegidas (AOP), com uma sugestiva diversidade de estilos de vinhos.

Diferentes estilos de Vinhos:

  • AOP Bergerac: vinhos tintos e rosados.
  • AOP  Bergerac Sec: vinhos brancos com menos de 4 g/l de açúcar residual.
  • AOP Côtes de Bergerac: vinhos brancos e tintos. Os brancos podem conter entre 5 e 17 g/l de açúcar.
  • AOP Côtes de Bergerac Moelleux: vinhos brancos doces com um conteúdo de açúcar residual entre 18 e 54 g/l de açúcar.
  • AOP Montravel: vinhos brancos secos e tintos.
  • AOP Haut-Montravel: vinhos brancos doces.
  • AOP Côtes de Montravel: vinhos brancos doces, entre 8 e 54 g/l de açúcar.
  • AOP Monbazillac: vinhos brancos de sobremesa de estilo similar aos Sauternes.
  • AOP Pécharmant: vinhos tintos de qualidade média alta.
  • AOP Rosette: vinhos brancos doces, entre 8 e 54 g/l de açúcar.
  • AOP Saussignac: vinhos brancos de sobremesa, com um conteúdo não inferior a 18 g/l de açúcar residual.

Certamente, da próxima vez que estivermos de frente para uma garrafa de vinho desta região, ela não será desprezada.

Se for possível viajar por esta região vitivinícola do sudeste da França, prepare-se para submergir em uma paisagem idílica, de infinitos vinhedos, bosques profundos, lagos, castelos medievais, comida saborosa e excelentes vinhos.

Não deixei de conhecer mais sobre o vinho da nossa Seleção Mensal Fleur du Thénac, que é produzido neste região.

Texto: Alberto Pedrajo

Experimente nossas seleções e viva a melhor e mais abrangente experiência enológica. Associe-se!

Vinhos TintosPowered by Rock Convert