Devil´s Whiskers” é como se chama as pequenas marcas que, às vezes, ficam ao redor dos lábios superiores, quando desfrutamos de uma taça de vinho.
The Devil´s Whiskers Shiraz 2012 é um vinho volumoso, de caráter untoso e grande passagem, que deve ser degustado com uma boa refeição, porque se trata de um supervinho, potente e contundente.
2012 Devil's Whiskers Shiraz

País: Austrália

Região: Sul da Austrália

Indicação Geográfica: McLaren Vale

Uvas: 100% Shiraz

Produtor: Kangarilla Road Vineyard & Winery

O vinho

A vindima de 2012 foi uma das mais breves da história de McLaren Vale. Terminou no final de março, quando o habitual é que, ao menos, prolongue-se até meados de abril. A vindima não foi só breve, mas também escassa, vindimando-se uvas com um excelente amadurecimento e concentração, o que facilitou a elaboração deste vinho, em parte, graças a um final de ciclo com essas condições ambientais.

A uva procede dos vinhedos localizados em dois extremos de McLaren Vale, vindimada à mão. Uma vez na bodega, a uva foi fermentada em depósito de aço inoxidável, realizando-se remontagens diárias com a finalidade de extrair ao máximo todo o potencial das peles desta suculenta Shiraz. Depois da fermentação alcóolica, o vinho foi suavemente prensado, antes de ser introduzido em barricas de carvalho francês por 18 meses.

A cata

De intenso e profundo vermelho-cereja com bordas vermelhas, grande densidade e lágrima destacável. Sem dúvida, sua intensidade e profundidade indica que nos encontramos ante um vinho potente e com sólida estrutura. A primeira impressão no nariz é pura expressão de fruta negra, amoras maduras, ameixas secas, que dão continuação a aromas de crianza tostados e notas de especiarias de pimenta e noz-moscada.

A boca é uma elegante continuação dos aromas percebidos no nariz: novamente  ameixas secas, tostados e recordações de fina madeira. Trata-se de um vinho potente, mas seus sólidos taninos de qualidade foram habilmente domados, graças à sua prolongada passagem por barril.

sociedade-da-mesa

Harmonização

Os aromas tostados e fumados, assim como a potência e álcool, sem dúvida são elementos que combinam com perfeição com uma suculenta feijoada ou um bom churrasco. Mas se nos apetece combiná-lo com uma comida mais rápida, podemos optar por embutidos curados e um queijo de ovelha maduro.

Temperatura

Os vinhos de certa graduação alcoólica, como este The Devil´s Whiskers Shiraz – com 15% de volume -, devem ser mantidos em ótima temperatura para serem degustados. Recomenda-se entre os 16 e 17º C, nunca superando os 18%, porque começará a notar-se redução no álcool, nos aromas de fruta madura e nas notas de crianza. Não é necessário decantar o vinho ao menos para os próximos meses. Se o consumo não se der neste ano (2015), certamente será necessário decantá-lo e oxigená-lo ao menos uma hora antes do consumo, para que ganhe em complexidade e intensidade.

A guarda

Este vinho dispõe de excelentes condições para confiarmos em seu potencial de guarda. Ainda que disponha de vedante de rosca; sua prolongada crianza em barrica, unida à sua boa acidez; vão permitir um excelente comportamento e crianza em garrafa. Deste modo; não tenha receios em guardar alguma garrafa para mais adiante. Já que poderemos desfrutá-lo ainda nos próximos 8 anos (2015-2022).

Esperamos que apreciem este intenso, perfumado e delicioso vinho. Que lhes oferecerá a oportunidade de conferir as virtudes da região vitivinícola de McLaren Vale.

Texto: Alberto Pedrajo

Conheça as vantagens de fazer parte da Sociedade da Mesa, clube de vinhos! Associe-se!
 

Vinhos EspumantePowered by Rock Convert