Quando se degusta pela primeira vez o Villa Chavin Merlot Reserve 2013, a suavidade, a fluidez e a perfeita acidez nos surpreendem. Esse é o fruto do trabalho que, com paciência, foi realizado pelo jovem enólogo Fabien Gross. Como um pintor, um desenhista, um artista, ele define os vinhedos, elege a data perfeita para a vindima, seleciona cuidadosamente as uvas e fermenta os vinhos, com esmero e atenção, buscando sempre aperfeiçoar todos os detalhes, para levar às nossas mesas vinhos como este delicioso Villa Chavin Merlot Reserve 2013.
Villa Chavin Merlot BT

País: França

Indicação Geográfica: Vin de France

Uvas: 100% Merlot

Álcool: 13,5%

Produtor: Domaines Pierre Chavin

O vinho

As uvas são cultivadas nos vinhedos do sul da França, onde a Merlot adquire a maturação e o equilíbrio perfeito. Após a recepção da uva na bodega, ela é fermentada em depósitos de aço inoxidável, sob temperaturas controladas, com o fim de realizar uma fermentação ideal para a obtenção da perfeita extração de fruta. Após a fermentação alcoólica e uma rápida maceração, o enólogo leva para barris de carvalho uma parte do vinho que, posteriormente, mistura-se a outra parte sem crianza, até obter um “blend” que respeite a Merlot e aporte um leve e elegante toque de crianza.

A cata

Vermelho-cereja de boa intensidade, limpo e brilhante. As primeiras sensações no nariz são de fruta negra madura, como ameixas e amoras silvestres, com notas de crianza bem integradas e frutos secos. Na passagem pela boca, destaca-se o equilíbrio, a acidez correta, bom centro de boca e agradáveis notas de especiarias, que dão passagem à fruta negra madura. Longo e profundo, com retrogosto muito agradável.

sociedade-da-mesa

Harmonização

Seu equilíbrio e estrutura permitem harmonizá-lo com uma grande diversidade de pratos. A textura sedosa encaixa com pratos untuosos, como um risoto de cogumelos, para o qual este vinho se mostrará consistente. Mas não é um vinho de regras rígidas. Seu equilíbrio nos permitirá desfrutá-lo com um cardápio bem variado. Considero, como sempre, que os vinhos devam ser degustados em boa companhia, boa mesa e que devemos nos arriscar na hora de harmonizá-los, explorando novas sensações e sabores. Conheça nossa sugestão de harmonização, Risoto de Cogumelos.

Temperatura

Degustar a uma temperatura compreendida entre os 14 e 16ºC. O método mais rápido e confiável para mantê-lo na temperatura desejada é colocar a garrafa em um recipiente com água, e quatro ou cinco cubinhos de gelo flutuando. Desse modo, o vinho ficará fresco e não gelado.

Guarda

Para consumir já, com um desenvolvimento positivo nos próximos meses e ótimo nos próximos três anos (2015 – 2018). Não há necessidade de arejá-lo pelos próximos dois anos. Após 2017, a recomendação é decantá-lo meia hora antes de seu consumo.

Com uma ótima relação qualidade-preço, este vinho é excelente para o consumo diário, já que mantém um equilíbrio perfeito entre acidez e volume. Trata-se de um vinho para ser desfrutado por consumidores experientes ou iniciantes.

Texto: Alberto Pedrajo

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!
 

Vinhos EspumantePowered by Rock Convert