Merci, France!

A França ocupa, por mérito próprio, o primeiro posto no ranking mundial dos países produtores de vinho. Convém recordar que não é na França onde se originam o vinho e o vinhedo, mas ninguém pode duvidar de que este país é uma referência, em virtude de sua viticultura e seus vinhos. Desde que as primeiras cepas foram plantadas durante a dominação do Império Romano, os vinhedos fazem parte de sua paisagem. A França é um grande vinhedo, onde o cultivo da videira moldou, durante séculos, suas paisagens, sendo parte inseparável dos povos e da vida de seus cidadãos.

O vinho converteu-se em um símbolo para o país, no qual a cultura e a tradição fundiram-se em torno da mágica bebida, fazendo com que se desenvolvesse de forma mais profissional ao longo dos séculos. Esta referência, um farol da vitivinicultura, deve ser interpretada como o berço da enologia e viticultura modernas, e origem das variedades mais difundidas em todo o mundo, como a Cabernet Sauvignon, Pinot Noir, Chardonnay, Merlot, Syrah e Malbec entre outras.

A geografia francesa está coberta por dezenas de regiões vitivinícolas que formam, em seu conjunto, uma excepcional obra de arte da natureza. Na França, encontramos desde alguns dos vinhos mais caros do mundo até excelentes vinhos com uma ótima relação qualidade-preço. Entre outras coisas, a diversidade e a pluralidade de vinhos surpreendentes transformam-na neste gigante vitivinícola. Como ocorre nos vizinhos Espanha e Itália, a extensão, assim como a distribuição de regiões vitivinícolas, tem a qualidade assombrosa de elaborar inúmeras surpresas enológicas.

A França é um destino excepcional. A visita a este país deveria ser uma obrigação para todo enófilo. Uma espécie de pacto após o primeiro gole de vinho. Descobrir seus vinhos brancos; tintos; doces; espumantes… poder saboreá-los nas bodegas onde são elaborados, enquanto se conversa com o proprietário. Entrar em um carro e percorrer extensas colinas cobertas por vinhedos; a caminho de um restaurante no qual é possível se perder entre dezenas de pratos locais. E despertar pela manhã em um hotel charmoso, contemplando um idílico vinhedo. Essa é uma declaração de intenções para os amantes do vinho. Uma deliciosa viagem, que nos permitiria mergulhar na cultura e no estilo de vida franceses para aprender a desfrutar dos prazeres que este país oferece. Quem pode recusar um plano tão sugestivo?

 Não deixe de conhecer o vinho francês da nossa Seleção Mensal; Villa Chavin Merlot Reserve 2013

outlook-728x90-6