A variedade Barbera é nativa das colinas de Monferrato, sendo atualmente Barbera
a uva mais plantada na região de Piemonte e é uma das principais uvas da Itália.

A grande adaptação às diferentes condições de solo e clima permite que, com a Barbera, se elaborem uma grande diversidade de vinhos.
Ela é considerada uma variedade “todo terreno”, por isso,  tornou-se muito popular entre viticultores e enólogos de outras regiões da Itália.

A Barbera, como tal, é conhecida na zona de Monferrato desde o século Xlll, mas não foi até a chegada da filoxera nos primeiros anos do século XX, que ela se firmou no Piemonte. Tornou-se a varietal majoritariamente eleita pelos viticultores, graças a suas aptidões agronômicas.

Seus altos rendimentos sobre o enxerto de pé americano, sua constante produção, sua grande resistência frente às doenças e sua capacidade para adaptar-se a todos os tipos de terrenos, fizeram-na popular, conseguindo uma rápida expansão.

sociedade-da-mesa

A variedade Barbera tem a virtude de ter passado de vilã a heroína em somente duas décadas. Relegada aos vinhos de mesa e baixa qualidade até os anos 1980, a Barbera encontrou seu espaço graças aos viticultores e enólogos, produzindo atualmente vinhos com corpo médio, bom nível de álcool, boa cor e alta acidez.

Uva Barbera

Os vinhos elaborados com a Barbera costumam surpreender pela cor intensa, de cepa profunda. Geralmente são muito frutais e delicados no nariz. Em boca são valentes e com uma acidez excelente. Mesmo faltando um pouco de estrutura, dada a sua escassez de taninos. Mas esta pode ser suprida com variedades mais tânicas ou com uma passagem por barril. Assim, o vinho adquire uma boa estrutura, com taninos redondos e fluidos.

Conheça um varietal da uva Barbera pertencente a nossa Seleção Mensal Castelvero Le Stelle 2012

Texto: Alberto Pedrajo

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!