A batata é um dos alimentos mais versáteis da gastronomia. Além de ser fácil de encontrar, tem ótimo custo/benefício e pode ser preparada de diferentes formas: assada, frita, salteada, recheada, no vapor, empanada, fervida,…

Rica em amido e carboidratos, a batata pode ser incluída diariamente no cardápio, pois é considerada fonte de vitamina C, ferro e potássio.

Ao escolher, dê preferência às batatas rígidas e pesadas. Evite aquelas com aspectos esverdeados, de cascas manchadas, moles ou com brotos. Tudo isso indica menor durabilidade e qualidade nutritiva. Já no caso da batata-doce, procure sempre as mais compridas, de diâmetro em torno de 5 cm. Escolha as de casca lisa e cor clara, geralmente rosa ou branca.  Em casa, guarde as batatas em lugares frescos e arejados, na temperatura ambiente.

sociedade-da-mesa

Para cozinhar batatas com casca, lembre-se de adicionar duas ou três folhas de couve na água. Assim, a panela não ficará escura, facilitando seu trabalho na hora de lavar. Se forem grandes, faça furos na superfície com um garfo. Esse procedimento garantirá o cozimento por igual. Para fritá-las e mantê-las sequinhas, depois de cortadas, coloque-as em água fervendo por alguns minutos e, em seguida, lave-as em água e gelo. Escorra bem e frite em óleo. Escorra novamente e seque-as no papel toalha. Sua batata frita ficará ótima.

Sigo até hoje uma dica de uma chef peruana:  ao cozinhar batatas-doces, adicione à água um pedaço de canela em pau e uma pequena porção de açúcar refinado ou demerara. Tal procedimento atenuará o doce da batata e intensificará seu sabor.

Agora, se você descascou um monte de batatas e não teve tempo de cozinhar, basta deixá-las numa vasilha coberta com água e adicionar vinagre. Em seguida, tampe e armazene na geladeira. No dia seguinte, sua batata estará semelhante àquela descascada na hora.

Texto: Priscila Urbano

Experimente nossas seleções e viva a melhor e mais abrangente experiência enológica. Associe-se!