País: ArgentinaMN Malbec Stone S S 2011
Região: Mendoza
Indicação Geográfica: Altamira, Vale de Uco
Uvas: 100% Malbec
Produtor: Manos Negras

O vinho: a uva é vindimada a mão em pequenas caixas que não ultrapassam os 15 kg, para posteriormente ser trasladada à bodega. Após uma cuidadosa seleção para evitar restos vegetais, a uva é introduzida nos depósitos de aço inoxidável, onde é resfriada a 8°C para manter-se, durante pelo menos seis dias, em contato com suas cascas, sem iniciar a fermentação e, assim, melhorar sua extração de aromas e polifenóis.

Após a maceração pré-fermentativa a frio, inicia-se a fermentação alcoólica, que dura aproximadamente dez dias, quando realizam-se bombeamentos diários e vários “delestage”. Finalizada a fermentação alcoólica, prensa-se e se transfere a uva para os barris de carvalho, onde continua a fermentação malolática, após a qual o vinho passará para sua “crianza” em carvalho. Esta realiza-se em barris de carvalho francês (20% novos) de 225 litros. Após a “crianza”, realiza-se a mistura dos diferentes barris e se realiza o afinamento anterior ao engarrafamento.

Cata: violeta intenso e profundo. Muito expressivo no nariz onde se destacam os aromas de frutas vermelhas, rico em aromas de madeira torrada e um final intenso de especiarias. Trata-se de um vinho fresco na boca, com boa acidez e nítidas notas de fruta, com a presença de taninos redondos, porém, firmes e que contribuem para uma boa estrutura sem protagonismo. Equilibrado, longo e com excelente retrogosto.

sociedade-da-mesa

Harmonização: boa acidez e boa estrutura, o fácil seria uma carne para desfrutar deste vinho, mas também podemos experimentar e combiná-lo com um prato de peixe um pouco mais contundente como uma moqueca de corvina e camarão. Confira a nossa deliciosa receita de Moqueca de camarões e badejo.

Serviço: degustar entre os 16 e os 17ºC. Não é necessária a decantação ou oxigenação previa ao consumo.

Conservação: para consumir agora mesmo que seja esperado um desenvolvimento positivo na garrafa pelos próximos meses, por isso, recomendamos um pouco de paciencia para desfrutar plenamente de seus matizes. Se estima um consumo óptimo dentro dos próximos 4 anos (2015 – 2019). Preparem-se para desfrutar desta excelente seleção de dois vinhos espetaculares de uma das bodegas revelação da Argentina Manos Negras.

De mãos dadas com seu colossal enólogo Alexandre Sejanovich. Considerado um dos melhores enólogos argentinos, capaz de interpretar o “terroir” dos vinhedos argentinos como poucos. Dois vinhos amplamente reconhecidos pelas grandes publicações como Decanter, The Wine Advocate ou a Wine & Spirits entre outras.

Texto: Alberto Pedrajo

Conheça as vantagens de fazer parte da Sociedade da Mesa, clube de vinhos! Associe-se!
 

Vinhos EspumantePowered by Rock Convert