É evidente que nossas seleções são fruto do trabalho paciente na busca por grandes vinhos que tenham a capacidade de surpreender nossos associados, além de lhes proporcionar prazer. Uma busca contínua e cada vez mais exigente.

A cada vinho, mais um passo para a exigência de qualidade. Portanto, quando buscamos um vinho em um país como a Itália, e mais concretamente para a seleção Obras-Primas, o desafio é grande. É por isso que a Sociedade da Mesa vai além de catar um vinho e selecioná-lo. Nossa exigência leva-nos até a própria bodega, para conhecer em primeira mão como se elabora uma Obra-Prima, como é o caso deste II Brecciolino 2011. Sabemos que um vinho excepcional sempre tem um ponto de partida único, as pessoas que o elaboram e assim é a família Rocchi, excepcional.

Italia02Nada melhor que simplesmente perder-se na Toscana e atravessar estradas secundárias desfrutando de paisagens incríveis, mesmo quando se está a trabalho. Acordar cedo, tomar o café da manhã e pegar o carro…

Até este ponto tudo parece previsível, mas você desconhece onde pode terminar uma viagem pela Toscana iniciada em Florença. Esta terminou em um povoado chamado San Casciano Val di Pesa.

A aventura começou com uma estrada de curvas rodeada por oliveiras; vinhedos e casinhas de pedra. Como em um conto de fadas, após cada curva víamos uma paisagem ainda mais bela. Esquecíamos que estávamos na Toscana. Porque, se o paraíso enológico existe, ele se inspirou aqui, amigos!

Trinta minutos depois, estávamos em Casiano Val di Pesa. Perdidos e esperando encontrar um cartaz que indicasse onde ficava a Fattoria Castelvecchio. Estrada acima, estrada abaixo… resolvemos ligar para o Filippo, enólogo e coproprietário da bodega, junto com sua irmã Stefania e seus pais, pois necessitávamos de ajuda para encontrar o local.

sociedade-da-mesa

Durante esses minutos de espera e de incertezas, pensamos que talvez se tratasse de uma bodega minúscula, perdida no meio do campo, e essa poderia ser a razão de não conseguirmos encontrá-la. Era difícil duvidar da capacidade do GPS para chegar ao nosso destino.

Mas a realidade era outra. Após três curvas para a esquerda e uma para a direita, apareceu, no meio do alto de uma colina, um estreito caminho florestal. Por onde seguimos, totalmente cercados por majestosos carvalhos. E após 200 metros percorridos; lá estávamos, com a Fattoria Castelvecchio à nossa frente.

Leia mais e se surpreenda com o vinho da nossa Seleção Obras-Primas, II Brecciolino 2011

Texto: Alberto Pedrajo

Experimente nossas seleções e viva a melhor e mais abrangente experiência enológica. Associe-se!
 

Vinhos TintosPowered by Rock Convert