Nem tudo na Grécia são vinhos de “Retsina”, e para que nossos associados possam experimentar um pouco mais dentro dos vinhos gregos, apresentamos este Tetramythos Agiorgitiko 2013, um delicioso tinto da variedade Agiorgitiko.

O vinho:

Procedente de vinhedos da propriedade, a uva é vindimada manualmente.

Após ser recebida na bodega é desengaçada suavemente e levada para depósitos de aço inoxidável de tamanho pequeno 5.000 litros, onde a fermentação é controlada com temperaturas baixas, procurando preservar todo o potencial aromático, o vinho realiza a fermentação malolática passando para a “crianza” de quatro meses em barril de carvalho, até o seu engarrafamento.

A cata: Vermelho cereja com toques violáceos.

  • Na taça parada, as primeiras notas que se aprecia são de frutas vermelhas frescas e algo mentoladas,  passando para notas de pimenta suave e amêndoas torradas.
  • Na boca é vibrante, frutado muito agradável com boa acidez para tratar-se de um vinho elaborado com a Agiorgitiko.  Passagem longa e afrutada.
sociedade-da-mesa

Harmonização:

Combina com pratos feitos à base de carnes de porco e com todos os tipos de carnes brancas, levemente salteadas e acompanhadas por arroz ou purê de batatas. Vieiras Salteadas também é uma certo, confira nossa receita especial.

Serviço:

Degustar entre os 15 e 17º C. Não é necessária sua decantação ou oxigenação prévia ao consumo.

A guarda:

Para consumir agora e desfrutar plenamente dos matizes frutados. Estima-se um ótimo consumo dentro dos próximos 3 anos (2015 a 2018).

Desfrutem destes dois vinhos, que foram reconhecidos e premiados pelos mais famosos críticos internacionais.

Texto: Alberto Pedrajo

Conheça as vantagens de fazer parte da Sociedade da Mesa, clube de vinhos! Associe-se!