LARANJA. UMA MISTURA QUE DÁ O QUE FALAR, COMER E BEBER

Mistura? Sim, a laranja é a filha híbrida do cruzamento da tangerina com o pomelo, batizada carinhosamente de Citrus sinensis.

Nativa da Ásia, plantada e consumida no mundo todo, a laranja chegou às Américas na época das grandes navegações, e hoje tem no Brasil um de seus maiores produtores mundiais, com variantes como a Laranja-Lima, mais adocicada e adorada pelas crianças; as azedas como a Bahia e a Seleta; as de sabor equilibrado como a Laranja-Pêra, e a Laranja-Cavala ou Laranja-Amarga, mais utilizada para fins medicinais como o tratamento da obesidade. Já a Laranja-Japonesa, de laranja só tem o nome. O fruto, pequeno e muito azedo, é só um parente próximo da família Citrus, que muitas vezes é plantado em bonsais.

laranja[

Da laranja tudo se aproveita. Além do suco, que as mães gostavam de chamar de “laranjada”, a fruta é quase onipresente nas cozinhas: geleias, compotas, bolos, pudins, tortas, mel (o mel da laranja é um dos mais valorizados) e até cascas de laranja cristalizadas são uma verdadeira festa para o paladar. E a natureza sábia ainda deu um jeito de fazer com que a laranja caia muito bem nas saladas e com feijoada.

Para juntar a fome com a vontade de comer e beber, vamos conhecer um pouco mais da composição da laranja, repleta de vitaminas e substâncias que só fazem bem. Veja no quadro.

  • Vitamina C: quase sinônimo de laranja, aumenta a imunidade, ajuda a regular os níveis de colesterol, previne contra gripes, resfriados e até contra o envelhecimento precoce. Comendo duas laranjas por dia, a necessidade de vitamina C de um adulto é 100% atendida.
  • Vitamina A: faz bem para os olhos, aumenta a vida das células e contribui para uma pele viçosa.
  • Vitamina B1 (Tiamina): produz energia para várias funções do corpo e converte os carboidratos em glicose.
  • Vitamina B2 (Riboflavina): rejuvenesce a pele, faz bem para os cabelos e as unhas, acelera o processo de cicatrização.
  • Vitamina B3 (Niacina): antioxidante, excelente contra inflamações. Auxilia na prevenção do diabetes e protege o coração.
  • Pectina: junto à acidez da laranja, forma um gel que ajuda a controlar os níveis de gordura.
  • Fósforo: ótimo para fortalecer a memória.
  • Cálcio: preserva a saúde dos ossos e dentes, melhora a coagulação e regula os impulsos nervosos.
  • Ferro: contribui para o crescimento e desenvolvimento, além de metabolizar proteínas.
  • Potássio: combate o estresse e regula a pressão arterial.

Com benefícios e sabor de sobra, é quase díficil acreditar que a laranja é pouco calórica. Mas é: tem apenas 40 calorias. E além de magrinha, é saborosa. Tudo de bom.

TEXTO: RENATO SOARES