A cozinha parece desempenhar um papel ainda mais importante e profundo para o francês do que se pensa, em relação à imagem que os estrangeiros fazem dela. Em pesquisa recente, nada menos do que 95% dos franceses concordaram que a gastronomia é um ingrediente da sua identidade cívica. Mais dados corroboram tal opinião. Tanto hoje quanto há 30 anos, o tempo diário consagrado ao preparo e à degustação das suas refeições é o mesmo: 96 minutos. Para 55%, ainda é hábito regular sentar-se em torno de uma mesa com a família ou os amigos para comer.

E a quantidade de blogs dedicados à arte culinária que são publicados por franceses? Em torno de 4.000. Vale mencionar que o país ocupa a ponta na produção agrícola da União Europeia. Com 68.000 empresas e uma receita anual aproximada de 70 bilhões de euros. Contra fatos não há argumentos. Apenas uma infinidade de pratos e sabores universais e inconfundíveis, seja para os nascidos em Orléans ou Orlândia.

Texto: Fábio Angelini

Conheça as vantagens de fazer parte da Sociedade da Mesa, clube de vinhos! Associe-se!