brigadeiro

Brigadeiro, o nosso doce enigma
Presente há gerações nas festinhas de aniversário, o brigadeiro é um doce típico da culinária brasileira. Feito com leite condensado, manteiga, leite e chocolate em pó, muitas vezes é servido em bolinhas com cobertura de chocolate granulado, quando a massa é enrolada com as mãos ou na versão de colherada, na qual a massa é servida direto da panela, fazendo a alegria de todos, desde os mais jovens aos mais velhos.

Adorado por muitos, o docinho traz consigo um grande enigma: a sua origem. Sabe-se que o leite condensado, base para preparação do doce, chegou ao Brasil em meados do século XIX. Antes, há indícios de que a iguaria era preparada à base de leite e ovos.

E o nome brigadeiro também é um enigma na história. Muitos dizem que o doce foi usado para alavancar a popularidade da campanha do brigadeiro Eduardo Gomes em São Paulo, no ano de 1945, que se candidatou para presidente pela União Democrática Nacional, após a queda do então presidente Getúlio Vargas, sendo derrotado por Eurico Gaspar Dutra.

sociedade-da-mesa

A palavra que dá nome ao doce remete a uma patente de uma hierarquia militar. O brigadeiro era feito pelas mulheres elitistas e servido em festas para então tentar alavancar a popularidade do militar. Assim, muitos o chamavam a iguaria de “docinho do brigadeiro”, vindo a se tonar apenas “brigadeiro”.

Não há indícios que apontem por quem ou quando o doce foi inventado, mas o bom é saber que hoje em dia, além do clássico de chocolate, dá para se deliciar com versões criativas como de limão, morango, abacaxi e até mesmo de nozes e pistache.

Texto: Amanda Ivanov

Conheça as vantagens de fazer parte da Sociedade da Mesa, clube de vinhos! Associe-se!