cine

A mistura dos alimentos com a Sétima Arte produziu obras épicas, singelas, dramáticas, polêmicas, bizarras, cult. Inspirou histórias e personagens, atiçou a audiência e criou tendências. “Leave the gun… Take the cannoli”, por exemplo, é um trecho antológico de O Poderoso Chefão (1972).

Ela é dita por Peter Clemenza ao seu comparsa, após assassinarem o genro traidor de Vito Corleone. Mais curioso é que a frase do ator Richard Castellano saiu de improviso. Como o tema é tão vasto quanto suculento, aí vai uma listinha de filmes com títulos culinários: Bagdá Café (1987); O Cozinheiro, o Ladrão, sua Mulher e o Amante (1989); O Cheiro da Papaia Verde (1993); Comer, Beber, Viver (1994); O Amor está na Mesa (1998); Chocolate (2001); Tempero da Vida (2003); Ratatouille (2007); Toast – A História de uma Criança com Fome (2010).

Claro, tudo na vida é gosto. Há quem curta O Ataque dos Tomates Assassinos (1978), há quem prefira Tomates Verdes Fritos (1991). Cada um com seu tomate, mas com pipoca, sempre.

Texto: Fábio Angelini

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!