amazonia

Por Amazônia, entenda-se a região, não o estado do Amazonas. Até porque o tacacá é mais típico de Rondônia, Amapá, Acre e Pará (necessariamente nessa ordem, pra rimar com “á”). O prato é feito à base de tucupi – aquele caldo amarelo delicioso – e da goma de tapioca, os dois extraídos da mandioca brava, além de jambu, camarão seco salgado, sal, alho, pimenta-de-cheiro e chicória.

Os experts indicam tomar bem quente, direto na cuia, em pequenos goles, pra apreciar com calma. Os camarões e o jambu você come com os palitinhos gentilmente oferecidos pelas tacacazeiras, as tradicionais vendedoras de rua. Elas têm pontos fixos nesses locais, que são passados de mãe pra filho, com freguesia fiel.

sociedade-da-mesa

E veja que interessante: embora turisticamente muitos de nós já tenhamos almoçado ou jantado um tacacá em algum passeio pelas regiões Norte ou Nordeste, para os locais nunca é prato principal. Os amazonenses gostam mais dele como aperitivo, no finalzinho da tarde. Happy-hour com tacacá é coisa de lá. É coisa nossa.

Texto: Paulo Samá

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!