Qual seria a sua sensação diante de um cookie bordado, um café comestível, uma mandala de bolo vegano? Em seu processo evolutivo, o homem passou do simples comer (nutrir-se para sobreviver) ao degustar (sentir prazer), mobilizando os cinco sentidos. A tentação desencadeada pelo olhar tem muito a ver com o design, mas o chamado Food Design vai além: é multissensorial e multidisciplinar.

Artes visuais, food experience, design gráfico e design de produto são seus objetos. Chefs, designers, cozinheiros e cientistas são seus estudiosos. Eles cruzam experiências que exploram o alimento e a alimentação sob todos os aspectos.

O objetivo é construir produtos de comer não apenas comunicativos e interativos, mas também ergonômicos e, principalmente, atemporais como criações. Aliar estética e funcionalidade. Trata-se de um meio termo entre o Food Styling, que existe para produzir imagens agradáveis, e o Food Product Design, que projeta alimentos considerando a escala industrial. E um tapete-ovo, o que seria? Design About Food. Um objeto desenhado usando alimento como inspiração.

Texto: Fábio Angelini

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!