A história de Convento Oreja começou quando um grupo de amigos amantes de vinho decidiu se unir para dar forma a um sonho. Elaborar um vinho excepcional. Todos eles cresceram em torno do que hoje dá nome ao seu projeto: Convento Oreja.

Os nomes da bodega e do vinho procedem de um antigo convento, abandonado há quatro séculos. Situado no município de Langayo. Onde domina um vale que tem a forma de uma orelha. Com verdadeira vocação pela elaboração de vinhos de qualidade, o projeto foi iniciado sem pressa nem excessivas pretensões. E cada uma das etapas que contemplam a elaboração de um grande vinho. O Convento Oreja Memoria Reserva 2009, foi desfrutada calmamente.

Nesta moderna bodega, todo o esforço, do vinhedo à garrafa, é direcionado para o objetivo de refletir essas terras excelentes que viram o crescimento de seus proprietários. Os quais querem levar à mesa dos consumidores um reflexo fiel de suas origens.

sociedade-da-mesa

Os vinhos Convento Oreja são monovarietais. Elaborados com a Tinta do País (a Tempranillo). A adaptação desta uva ao clima da Ribera del Duero faz com que, nesta região, a uva se caracterize por seus grãos pequenos e sua pele grossa, que garante a alta concentração de fruta e a excelente estrutura que apresentam os elegantes, estruturados e complexos vinhos da Ribera del Duero.

Texto: Alberto Pedrajo

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!