parede-1O grafite pintou na cozinha. Ou será que é o contrário? O restaurante Wynwood Kitchen & Bar, de Miami, resolveu homenagear a arte de rua: convidou grandes nomes do grafite mundial – entre eles os irmãos brasileiros OSGEMEOS – para rechear os muros e as paredes do estabelecimento.

E ainda batizou os drinks com os nomes dos artistas. Algo semelhante aconteceu com as fachadas das redes de culinária oriental Yoi!, Rolls & Temaki e Wok To Go, sob os traços do grafiteiro Enivo. Em troca, a casa ajuda com patrocínio.

Gastronomia e grafite também se misturaram no evento Benê Food des Arts, realizado no Elevado Costa e Silva, o “Minhocão”. Ali, food trucks e intervenções urbanas, lado a lado. E a grafiteira Nene Surreal, deixando sua marca em uma Kombi.

Mais inesperado, foi o que o designer Dave Hakkens bolou: um lápis comestível. Com 22 anéis destacáveis, sabor de menta, que não derretem na mão. Único, porém: o pedaço do grafite é bem pequeno. Ou seja, o lápis é para mastigar mesmo. Independente se você tem um TOC ou não.

sociedade-da-mesa

Texto: Fábio Angelini

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!