Oriundo do deserto do Kalahari, o kiwano, kino ou pepino africano é o fruto de chifres. Em inglês, “horned melon”. Semelhante a um pequeno melão oval, com espinhos grossos, casca alaranjada quando maduro, polpa verde translúcida com traços de amarelo, e sementes brancas.

Tão bonito que é usado como elemento decorativo nas mesas. Seu sabor, levemente salgado, lembra kiwi, banana, limão e pepino. Um alimento vital na cultura subsaariana, porque retém grandes quantidades de água, cresce em temperaturas elevadas e é nutritivo: vitaminas A e C, fibras, potássio, ferro e cálcio.

Refrescante, digestivo e isotônico, reduz o apetite e ajuda em dietas, embora fique melhor com um pouco de açúcar. Vai bem como xarope em saladas de frutas, em sucos, sorbets, gelatinas e drinks.

sociedade-da-mesa

Os feirantes brasileiros indicam a caipirinha de kiwano. Quer experimentar? Escolha um maduro, enxágue bem e corte a fruta pela metade, na horizontal, para depois manipular as metades. Se a intenção é remover as sementes para outras receitas, seccione na vertical.

Na fruteira, dura uns 15 dias tranquilamente, mas em ambientes frios deteriora rápido.

Texto: Spartaco Rodrigues

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!

 

Vinho RoséPowered by Rock Convert