Como já dissemos, nesta Seleção Mensal apresentamos dois vinhos de duas Indicações Geográficas Protegidas do sul da França, com perfis muito próximos.

Vinhos jovens, frescos, frutados e muito fáceis de beber!

Vinhos com frescura, equilíbrio e redondos, fruto do “know how” ancestral dos viticultores de duas regiões francesas de grande tradição vitivinícola.

Ficha técnica

  • Região: Gascogne
  • Indicação Geográfica: IGP Pays des Côtes de Gascogne
  • Uvas: 75% Colombard e 25% Ugni Blanc
  • Maturação: sem passagem por barril
  • Álcool: 11,5% vol.
  • Produtor: Boutinot

Mais detalhes sobre os Vinhos

Após a vindima, procedeu-se rapidamente com o prensado da uva, procurando-se proteger o mosto de possíveis oxidações para logo decantá-lo e transferi-lo para o depósito de aço inoxidável. Onde o vinho foi fermentado a baixas temperaturas, para preservar ao máximo os aromas e sabores procedentes da uva.

O vinho manteve-se em repouso por vários meses no depósito, até que se procedeu com a sua clarificação e filtragem, antes do engarrafamento.

Análise Sensorial:

  • Ao olhos: Amarelo pálido com reflexos verdes, limpo e brilhante.
  • No Nariz cítrico destacando a toranja.
  • Na boca é refrescante e com um final delicado, fácil de beber.

Como Harmoniza-los?

Perfeito como aperitivo, ou com um primeiro prato leve, como uma salada de arroz e todo o tipo de peixe ou crustáceos.

Mas também fica ótimo com pratos de ave com molhos leves.

Como Servi-los?

Consumir este vinho entre 8 e 10ºC, o que permitirá que ele se expresse pleno de aromas e sabores enquanto a temperatura sobe na taça.

Não é necessária a decantação nem a abertura da garrafa com antecedência ao momento de consumo nos próximos meses.

Quando beber?

Para beber já. Estima-se um consumo ótimo até 2020.

Texto: Alberto Pedrajo
Tradução: Paula Taibo

Vinhos EspumantePowered by Rock Convert