/Por Ana Beatriz Miranda

A Cabernet Sauvignon tem o título de “rainha das uvas tintas” por ser cultivada em todos os países produtores de vinho e, por isso, ser muito popular.

Ela se adapta muito bem aos mais diversos solos e climas, gerando exemplares de estilos supervariados, para todos os paladares.

Há estilos de vinhos Cabernet Sauvignon jovens e descomplicados, complexos e com potencial de guarda, varietais e blends famosos, como o corte bordalês, feito com a soberana, a Merlot e a Cabernet Franc.

Além do terroir — que envolve fatores tangíveis e intangíveis, o estilo do vinho também é determinado pelo enólogo. Esse profissional é responsável pela elaboração da bebida, participando de várias etapas desde antes de as uvas serem plantadas, como análise de solo, técnicas de plantio, poda, irrigação e colheita. É o enólogo, por exemplo, que vai decidir se e quantos meses o vinho vai amadurecer em barricas de carvalho ou em tanques de aço inox. 

Estilos de vinhos Cabernet Sauvignon

Cabernet Sauvignon em climas quentes

Ainda que haja variações de país para país, a Cabernet Sauvignon — uva de origem bordalesa, fruto do cruzamento entre a tinta Cabernet Franc e a branca Sauvignon Blanc —, cultivada em climas mais quentes tem características similares. 

Regiões vitivinícolas da África do Sul, Argentina, Austrália, Estados Unidos, centro e sul da Itália e da Espanha produzem vinhos de Cabernet Sauvignon mais frutados, com taninos maduros e teor alcoólico elevado.  

Cabernet Sauvignon em climas frios

Já os rótulos de lugares com clima mais frio, como França, Chile e norte da Itália, são menos robustos e têm menos álcool, com aromas predominantes de frutas vermelhas.

Aliás, embora seja cultivada no mundo todo, muita gente diz que é na sua terra natal, Bordeaux, que a Cabernet Sauvignon expressa seu potencial máximo, ainda que muitos rótulos elaborados em outros países tenham feito fama por sua nobreza e altíssima qualidade.

Harmonização com vinhos Cabernet Sauvignon

É claro que uma uva versátil, capaz de produzir vinhos de estilos, também tem um amplo leque de harmonizações. Os vinhos de Cabernet Sauvignon são excelentes para harmonizar e as melhores combinações dependem do perfil do rótulo.

Os mais leves e menos encorpados, aqueles do cotidiano, ficam ainda mais deliciosos acompanhando um belo churrasco, risoto de linguiça ou massas com molho vermelho. Se o vinho tiver um toque herbáceo marcante, molho à base de ervas, como o pesto, fica ótimo. 

Os exemplares com mais corpo, com passagem por barricas de carvalho, combinam com pratos igualmente potentes, como carnes vermelhas mais gordurosas, receitas bastante condimentadas, com embutidos ou queijos duros.  

Experimente nossas seleções e viva a melhor e mais abrangente experiência enológica. Associe-se!