/Por Ana Beatriz Miranda

A Chardonnay é uma uva branca com uma capacidade de adaptação incrível. Por conta disso, ela é cultivada com sucesso nos mais variados terroirs e regiões produtoras de vinhos do mundo. 

Conhecida como a “rainha das uvas brancas”, a Chardonnay é originária da Borgonha, na França. Sendo muito difundida, ela é capaz de gerar vinhos de estilos diversificados. Dos mais leves e frescos aos mais encorpados e até com potencial de guarda. Os fatores determinantes para o perfil do rótulo são o terroir — e tudo o que o envolve —, além da intenção do enólogo e da vinícola. É devido ao fácil cultivo e por sua personalidade mais neutra que existem vinhos de Chardonnay tão diferentes entre si.  

Chardonnay em climas quentes

Em climas mais quentes, os exemplares elaborados com a Chardonnay costumam ter mais estrutura, corpo, aromas e sabores de frutas tropicais. Caso não passe por barricas de carvalho, apenas tanques de aço de inox, a bebida apresentará mais leveza e frescor. Se houver um estágio de envelhecimento em madeira, os rótulos ganham notas mais sofisticadas, com um toque amanteigado e de especiarias. 

Chardonnay em climas frios

Quando cultivada em climas mais frios, a Chardonnay é uma uva branca que origina vinhos com aromas e sabores de frutas cítricas e maçã, além de uma acidez perceptível que os torna ainda mais refrescantes. Juntamente com o clima, o caráter do vinho será definido também por todas as outras questões que o influenciam. 

Harmonização com vinhos Chardonnay

Sendo uma uva com muitas facetas, a harmonização com Chardonnay é fácil de ser feita. Embora na combinação entre bebida e comida seja seu paladar quem comanda, há alguns direcionamentos certeiros. Guiar-se pelo peso da receita costuma funcionar muito bem.

Pratos mais leves, descomplicados, com poucos ingredientes ficam mais harmônicos combinados com vinhos mais simples e jovens. Massa ao molho branco, peito de frango grelhado, peixe frito e queijo macios ou frescos harmonizam alegremente com um Chardonnay que não passa por carvalho.

Agora se o rótulo for envelhecido em madeira, aí você pode harmonizar com receitas mais elaboradas e complexas, como uma bela bacalhoada no capricho, bobó de camarão, lagosta e peixes mais gordurosos.   

Experimente nossas seleções e viva a melhor e mais abrangente experiência enológica. Associe-se!