/Por Ana Beatriz Miranda

A Sauvignon Blanc é uma uva branca das mais conhecidas. Depois da Chardonnay, ela certamente é muito lembrada quando falamos de vinhos brancos leves e refrescantes.

Aliás, é mais comum encontrarmos um exemplar de Sauvignon Blanc varietal, feito apenas com ela.

Com a exceção do célebre Sauternes, um vinho licoroso, de sobremesa, nobre e poderoso, que é resultado de um blend com essa casta, além de Sémillon e Muscadelle

Essa variedade se adapta melhor a climas frios, que preservam a leveza e o frescor intrínsecas.

Em climas mais quentes, a Sauvignon Blanc se descaracteriza, perdendo muitas de suas virtudes.

Origem da Sauvignon Blanc

Assim como diversas uvas viníferas, a Sauvignon Blanc também é originária de Bordeaux, na França.

Os primeiros registros sobre ela são bastante antigos, datando do século XVI. Inclusive, a Sauvignon Blanc é uma das progenitoras da “rainha das tintas”, a afamada Cabernet Sauvignon, fruto do cruzamento com a tinta Cabernet Franc

Para além de Bordeaux, a Sauvignon Blanc também se destaca no Vale do Loire, mais ao norte do país.

As denominações de origem Sancerre e Pouilly-Fumé trazem excelentes representantes elaborados com essa variedade, aclamados no mundo todo.

Características

Com bastante acidez natural, grande potencial aromático, casca de coloração verde com tons amarelados, essa uva se adaptou bem em vários países produtores.

  • Na Nova Zelândia, por exemplo, a Sauvignon Blanc se expressa com muita qualidade.
  • No Chile, sobretudo no Vale de Casablanca, ela também origina vinhos muito apreciados.
  • Na Argentina e no Brasil, os Sauvignon Blanc se apresentam com aromas e sabores mais maduros e tropicais.    

Aromas e sabores

Os vinhos elaborados com a Sauvignon Blanc na França têm acidez elevada e muito frescor.

Em Bordeaux, eles são pouco encorpados, mas exuberantes. O solo granítico do Vale do Loire proporciona aromas minerais e um ligeiro defumado.

Na Nova Zelândia, os exemplares trazem um sabor mais frutado e fácil de beber, com aromas de maçã verde, lima, aspargos e ervas.

Essa é uma tendência seguida pelos demais produtores do Novo Mundo, cujos rótulos ganham notas de frutas tropicais, como maracujá e abacaxi, cítricos e herbáceos. 

Experimente nossas seleções e viva a melhor e mais abrangente experiência enológica. Associe-se!