“Um tinto italiano da uva Barbera para guardar na lembrança.” 

Lucas Cordeiro

Hoje quero apresentar mais um tinto italiano exclusivo da Sociedade da Mesa, desta vez elaborado com a uva Barbera

Quando penso na história dessa uva tão especial, logo me vem à cabeça tantas castas incríveis que, assim como ela, ficam relegadas a um papel secundário por não receberem a atenção e o cuidado que merecem durante a produção dos vinhos.

A Barbera é hoje uma das dez principais uvas da Itália, símbolo da viticultura piemontesa, e também cultivada em outras regiões italianas e países.

Mas nem sempre foi assim.

Em um passado recente, gerava vinhos simples e caracterizados pela alta acidez natural.

Eram inicialmente destinados ao consumo próprio dos produtores ou à granel, para serem misturados aos vinhos tânicos do sul da Itália.

A reviravolta aconteceu em meados da década de 1970, quando produtores como Michele Chiarlo, em Asti, resolveram dar uma atenção primorosa à variedade, para torná-la admirável.

Um dos primeiros passos foi elaborar varietais induzindo a “fermentação malolática”, técnica que transforma o ácido málico (mais áspero) em ácido lático (mais suave).

O vinho se tornava menos rústico e, assim, permitia que a uva revelasse as qualidades.

De lá para cá, seleções clonais melhoraram o desempenho das videiras e a utilização de técnicas e equipamentos de vinificação modernos, bem como o uso de amadurecimento em barricas, resultaram em uma Barbera capaz de gerar vinhos de perfis diferentes – e todos deliciosos.

O nosso Araldica Campo Del Senatore Barbera D’Asti Superiore 2016 é a prova disso. 

Para elaborá-lo, a Araldica, cooperativa mais inovadora do Piemonte, selecionou uvas colhidas à mão de vinhas velhas dos melhores vinhedos.

Fez uma vinificação cuidadosa, induzindo a fermentação malolática e amadurecendo o vinho por longos 18 meses em barris de carvalho francês (novos e de segundo uso).

Isso enquadra o rótulo na tipologia “superiore”, que indica vinhos de nível premium, com elevada qualidade e longevos.

Trata-se de um exemplar:

  • rico em aromas de frutas negras,
  • misturados a toques do carvalho,
  • notas de tosta, café e chocolate, que emolduram um paladar de boa estrutura sem ser pesado,
  • com uma típica acidez refrescante
  • e um final de boa duração, que mistura frutas e especiarias.

Para você ter a oportunidade de apreciar este belo vinho, acesse nossa loja online.

Abraços e boa degustação!