“Tinto californiano, acessível e aveludado”

Lucas Cordeiro – Sommelier da SDM

Em tempos de isolamento, me propus a reler algumas obras literárias que marcaram minha vida.

Neste último domingo, por exemplo, abri uma garrafa do vinho Backhouse Cabernet Sauvignon 2017 para degustar com as páginas do livro Narciso e Goldmund, de Herman Hesse, que eu li na minha adolescência.

E foi um dos responsáveis por equilibrar meu lado sonhador com o pragmático.

Inclusive, tem um trecho da história que se passa na Idade Média, no qual o personagem principal se isola no campo pela mesma razão que nós nos isolamos hoje.

O interessante é que tanto o livro quanto o vinho me trouxeram a sensação de conforto:

  • A literatura por ter revivido em mim um período tão nostálgico;
  • E o vinho por ter um perfil muito fácil de beber (muito aveludado, com taninos que quase não são percebidos, acidez delicada e uma boa intensidade de aromas, com frutas maduras e toques do carvalho).

Uma garrafa perfeita para acompanhar a leitura e a tábua de queijos que beliscava entre linhas e goles. 

Por isso, minha dica de hoje não poderia ser outro rótulo:

Backhouse Cabernet Sauvignon 2017, rótulo californiano que tem parte do líquido estagiado rapidamente em barris de carvalho.

É ideal para acompanhar leituras, filmes e séries, e ainda para ir à mesa acompanhando um boa receita de “comfort food”.

Para mais ter detalhes da ficha técnica do Vinho Tinto Backhouse e comprar online CLIQUE AQUI.