O que torna uma colheita extraordinária? Não basta apenas tecnologia de ponta e técnicas excelentes de viticultura se não houver um fator fundamental a este sucesso: o clima.

Foi este clima excepcional, com inverno chuvoso, primavera seca, e ligeiramente mais fresca que o habitual, um verão com dias quentes e noites frescas, e outono com temperaturas moderadas que permitiram à Concha Y Toro uma qualidade única em vinhos tintos, como raramente já foi vista.

Graças a estas equilibradas condições climáticas e à qualidade da uva, pode-se dizer que esta foi uma das melhores colheitas dos últimos tempos para a vinícola chilena, resultando em vinhos com notável explosão aromática. 

Para realçar estas condições excepcionais, a Concha y Toro lançou a campanha “Colheita Extraordinária 2018” que inclui as linhas Super Premium e Premium da vinha – Casillero del Diablo, Gran Reserva Serie Riberas e Marques de Casa Concha – em suas safras 2018 das variedades tintas Cabernet Sauvignon, Carmenere, Malbec, Syrah, Merlot e Pinot Noir. 

Divulgação Concha Y Toro

É, portanto, uma aposta que se traduz em uma ação com ativação nos pontos de vendas, e com a implementação de uma plataforma interativa através do site desafieseussentidos.com, que convida consumidores a testarem os seus sentidos, identificando diferentes aromas associados aos vinhos.

Marcelo Papa, Diretor Técnico da Concha y Toro, classifica a safra 2018 dos vinhos tintos da vinha como uma “colheita extraordinária”. “É uma colheita única para os vinhos tintos, não só pelas excepcionais qualidades da época, mas também porque resultou em vinhos com magnífica profundidade, taninos polidos e grande força. 

Os vinhos apresentam muito boa cor, fruta madura e boas concentrações. Eles têm uma frescura subjacente impressionante, mas ao mesmo tempo grande caráter e personalidade ”, explica o enólogo. 

Os fatores do sucesso 

As condições climáticas imbatíveis que ocorreram no Chile durante a temporada 2017-2018, com uma primavera ensolarada e um verão moderado, determinaram o cenário ideal para poder considerar esta safra extraordinária

A temporada apresentou-se sem grandes inconvenientes, permitindo que as diferentes castas de uva se desenvolvessem e atingissem o seu ponto óptimo de maturação na altura da vindima. Nessa temporada, as condições climáticas perfeitas para a produção de castas tintas surgiram naturalmente.   

“O clima que tivemos no segundo semestre de 2017 e na primeira parte de 2018 antes da colheita foi muito bom, principalmente nas áreas mais adentro do Vale Central, especificamente nos vales do Maipo, Rapel, Curicó e Maule”, aponta Marcelo Papa

Desta forma, na primavera as vinhas desenvolveram-se sem pressa, com temperaturas um pouco mais baixas que o habitual e sem presença de chuva. “Todo o ciclo decorreu de forma calma e natural, cada fator climático nas diferentes estações do ano foi necessário para o benefício das nossas vinhas. Isso nos permitiu um bom desenvolvimento da planta, já que crescia sem nenhum estresse, com total prazer”, diz Marcelo.

Há que se lembrar também que não bastam apenas os benefícios da natureza para se denominar uma colheita como “extraordinária”, mas também a habilidade de uma equipe de especialistas. Além da boa qualidade das uvas obtidas, a experiente equipe da Concha y Toro trabalhou meticulosamente em cada vale para iniciar a vindima na época certa, sem pressa nem riscos, atingindo os mais elevados padrões de qualidade, obtendo vinhos equilibrados, com aromas de cerejas, cassis, figos, amoras e violetas, em grande concentração e equilíbrio, boa estrutura, finesse e taninos maduros. 

Experimente nossas seleções e viva a melhor e mais abrangente experiência enológica. Associe-se!