/Por Ana Beatriz Miranda

Você sabe quais são as melhores uvas tintas para harmonizar com comida? Apreciar um vinho, descobrindo seus aspectos visuais, olfativos e gustativos já é uma experiência rica. Mas combiná-lo com algum prato pode tornar o momento ainda mais especial.

Ao contrário do que muita gente pensa, harmonização não precisa ser complicada. Não existem regras imutáveis. A ideia geral é que a bebida e o alimento se equilibrem de forma harmônica e prazerosa. E isso depende de muitos fatores. Desde a forma que o vinho é elaborado, passando pelas maneiras de cocção do alimento até o nosso estado de espírito. 

Todavia, é claro que existem combinações que tecnicamente funcionam, testadas e aprovadas continuamente. Como enófilo, é interessante conhecermos os fundamentos da harmonização, tendo total liberdade de segui-los ou não. Confira algumas combinações certeiras com uvas tintas e experimente-as!  

Cabernet Sauvignon

Embora existam vinhos de Cabernet Sauvignon mais leves, geralmente, essa uva dá origem a rótulos mais encorpados, com mais taninos e álcool. Uma boa combinação são carnes vermelhas gordurosas, embutidos e queijos duros, que suavizam a sensação tânica em boca. Quanto mais potente o vinho, mais o prato pode ser complexo e condimentado.  

Malbec

A Malbec também é uva que gera vinhos mais estruturados. Por isso, comidas feitas na brasa ou na churrasqueira, com toque de defumação, e até mesmo grelhadas combinam muito com essa uva, principalmente, se o vinho passar por barricas de carvalho. Daí vem um dos grandes clássicos do mundo do vinho: Malbec e churrasco.  

Sangiovese

A Sangiovese é a uva típica da região de Chianti e a principal componente da maioria dos vinhos da Toscana. Por ser uma uva versátil, há muitos estilos de exemplares elaborados com ela. Sendo assim, é preciso avaliar o peso do vinho para combinar com um prato de peso similar. Com sua acidez vibrante, a Sangiovese vai bem com massas ao molho de tomate, mas também com carnes pouco gordurosas, como lombo suíno e a tradicionalíssima toscana bisteca fiorentina.

Merlot

A Merlot é uma uva de média intensidade, normalmente, precursora de vinhos de médio corpo. Logo, ela é considerada bastante eclética para harmonizar. Combina com carnes  vermelhas e brancas, desde que sejam magras. Pratos mais descomplicados, como hambúrgueres e massas com molhos simples são ótimas combinações.  

Pinot Noir

A delicada Pinot Noir é conhecida por dar origem a vinhos mais leves. Ela harmoniza bem com pratos de pouco peso, como carnes brancas magras, queijos de meia-cura ou queijos moles, vegetais grelhados, cogumelos, por suas notas terrosas. Até alguns peixes, principalmente os mais gordurosos, fazem uma boa dupla com essa variedade. 

Experimente nossas seleções e viva a melhor e mais abrangente experiência enológica. Associe-se!