/Por Lucas Vilela

No jogo que abriu o Campeonato Italiano da temporada 1991/1992, a Sampdoria enfrentou o Cagliari, saiu na frente do placar, mas acabou perdendo de virada por 3 a 2. Tristeza? Pelo resultado desportivo, sim. Mas o fato curioso é que o brasileiro Silas, por marcar o gol inaugural do torneio, foi presenteado pela Federação Italiana com 700 garrafas de vinho.

Na mesma partida, o ex-goleiro Gianluca Pagliuca pegou um pênalti e também foi agraciado com 300 garrafas de vinho. Enquanto o arqueiro prontamente pegou seu prêmio, o atacante cometeu o pecado de esperar a última rodada do torneio para resgatar suas bottiglie di vino. No fim, ele esqueceu. Moral da história: nunca deixe para amanhã o vinho que você pode ter hoje.

O futebol é cheio de deliciosas histórias envolvendo um bom tinto e o jogo. Nos últimos anos, a indústria futebolística mudou. Os estádios sofreram modernizações para se adaptar aos novos desejos de consumo dos torcedores. Os camarotes foram multiplicados e viraram “lounges VIPs”, nos quais oferecem conforto e elogiadas experiências gastronômicas.

As bodegas enxergaram a possibilidade de entrar de cabeça nesse cruzamento e, pouco a pouco, se tornaram patrocinadores dos clubes. Atualmente, times dos mais variados portes na Europa e além-mar possuem parcerias inteligentes com marcas de vinhos. Azar da cerveja, que agora precisa dividir atenção com um time de uvas capaz de competir pela atenção dos fãs de futebol.

Na Inglaterra

Arsenal

Desde 2016, a Vinícola Santa Rita possui exclusividade com o time. Apenas vinhos e espumantes da marca chilena entram em todos os camarotes e áreas comerciais do Emirates Stadium. Propagandas da vinícola nos telões e placas de LED do estádio em jogos domésticos da equipe londrina também fazem parte do pacote, além de jogadores sendo usados como garotos-propaganda para promover rótulos. Em quatro anos de parceria, a Santa Rita alcançou 123 milhões de pessoas e fortaleceu sua presença na China, no Japão e no Brasil.

Manchester United

Entre idas e vindas, a vinícola Concha y Toro tem relação com o time vermelho de Manchester desde 2011, sempre associando o vinho Casillero del Diablo na divulgação. Pudera, já que o clube é conhecido como Red Devils (diabos vermelhos). Em 2020, a parceria retornou e as suítes VIP do estádio Old Trafford servem os rótulos premium e super premium da marca.

Manchester City

Quando o treinador Pep Guardiola desembarcou em Manchester para comandar o City, em 2016, o mundo do futebol percebeu que as ambições do time não eram pequenas. E os vinhos Wolf Blass compartilharam essa visão. De lá para cá, tornaram-se parceiros oficiais do lado azul da cidade e servem seus rótulos em todas as áreas nobres do Etihad Stadium. O maior foco do grupo australiano, porém, continua sendo mostrar essa união na Ásia, no Oriente Médio, na África e no México com propagandas customizadas e participações de estrelas, como Sergio Agüero.

Fulham

Tradicional de Londres, o clube briga na parte de baixo da tabela da Premier League. Por outro lado, possui um charme particular por mandar seus jogos no Craven Cottage, às margens do Rio Tâmisa, desde 1886. Esse legado fez a London Wine Merchant Corney & Barrow fechar uma parceria na qual fornece vários vinhos para uma média de 25 mil pessoas por jogo em todos os minipubs do estádio.

Na Itália

Milan, Lazio, Udinese, Sampdoria e Genoa

A vinícola Caldirola começou a investir no calcio em 2014. O objetivo era conquistar de vez o paladar dos italianos. A empresa é patrocinadora de cinco dos 20 clubes da Série A e exibe seu logotipo nas placas de publicidade em todos os jogos em que os times parceiros são mandantes. Enquanto isso, os vinhos da marca La Cacciatora são servidos nos lounges para animar os fãs na luta contra o domínio regional da Juventus.

Bologna

Regionalismo. A Umberto Cesari possui 350 hectares nas colinas de Castel San Pietro Terme, em Imola. O time da região é o Bologna, então nada mais coerente que os vinhos servidos no estádio Dall’Ara sejam da vinícola local, que funciona desde 1960. Durante os jogos na TV aberta, a marca se faz presente também nas placas de publicidade.

Em Portugal

Benfica

O Monte da Ravasqueira produz em Arraiolos alguns dos melhores vinhos alentejanos da atualidade. A empresa viu no Benfica, principal clube de Portugal, uma chance de ter seus rótulos nas zonas premium do Estádio da Luz e também aumentar as vendas com os sócios Benfiquistas. Um cupom permanente de 20% de desconto no site da vinícola é liberado para todos os
associados do time de Lisboa. E olha que o Benfica é o segundo clube do mundo com mais pessoas afiliadas: mais de 230 mil carteirinhas.

Nos Estados Unidos

Los Angeles Galaxy

O termo “Galaxy” não é um exagero. O time mais popular da MLS já contou com estrelas como Beckham, Gerrard e Ibrahimovic. Porém, na cidade que respira cinema, quem uniu a pelota à sétima arte foi o vinho. Francis Ford Coppola Winery – sim, do diretor de O Poderoso Chefão –, com sede na Califórnia, é parceiro oficial do clube e vende aos 22 mil fãs, dentro e fora dos camarotes do Banc of California Stadium, taças dos rótulos Sofia e Diamond Collection. Por lá, só o time é de outro planeta; tomar vinho na arquibancada já é hábito.

Experimente nossas seleções e viva a melhor e mais abrangente experiência enológica. Associe-se!