/Por Carolina Almeida

Desde 2001, arqueólogos alemães e libaneses escavavam a região de Tell el-Burak. Pela prensa descoberta, a suposição é que as pessoas levavam uvas colhidas de áreas próximas até a “fábrica”, na qual as frutas eram esmagadas com os pés.

O líquido, então, escorria até a parte inferior, onde havia um tanque para depósito e, em seguida, era transferido para cubas e ânforas para a fermentação. Essa foi a primeira evidência da produção de vinho no Líbano, mas já se sabia que os fenícios tiveram um papel importante na popularização da bebida na região do Mediterrâneo.

Experimente nossas seleções e viva a melhor e mais abrangente experiência enológica. Associe-se!