/Por Ana Beatriz Miranda

Bodega é um termo muito comum no mundo do vinho. É possível encontrar essa palavra da língua espanhola estampada em rótulos de vinhos de vários países latinos, como Chile, Uruguai e Argentina e, no Velho Mundo, na Espanha. Ela dá nome às propriedades vinícolas desses países, uma tradição espanhola que passou para as regiões que foram suas colônias.

A tradução literal de bodega é porão, onde as bebidas eram armazenadas, devido às boas condições de armazenamento, com umidade, temperatura e iluminação controladas. Também é fácil encontrar o termo viña como sinônimo de bodega no Chile.  

O vinho é uma das bebidas mais ricas em cultura e história, tendo muitas denominações específicas e um vocabulário próprio. Além de bodega, há vários outros nomes para vinícolas. Na França, elas são chamadas de château, em Bordeaux, e domaine, na Borgonha e em Languedoc.

Château significa castelo, enquanto domaine é campo. Na Itália, existem as tenutas, traduzidas como propriedades, que nomeiam vinícolas por todo país da bota. Em Portugal, há as quintas. Quinta é a palavra usada para chamar as propriedades rurais com habitação e, claro, os locais com vinhedos.   

Para degustar e aproveitar ao máximo:

Bodega

Bodega Del Fin Del Mundo Special Blend 2015

Bodegas Castano GSM 2017

Château

Château Haut Queyran 2015

Domaine

Domaine Pujol Izard Les Capitelles Rouge 2017

Tenuta

Comprar o Vinho Tenuta Santanna Rosso 2017

Conferir comentários do Sommelier sobre o Vinho

Quinta

Quinta da Veiga Murzelo Reserva Tinto 2015

Experimente nossas seleções e viva a melhor e mais abrangente experiência enológica. Associe-se!