/Por Ana Beatriz Miranda

Bodega é um termo muito comum no mundo do vinho. É possível encontrar essa palavra da língua espanhola estampada em rótulos de vinhos de vários países latinos, como Chile, Uruguai e Argentina e, no Velho Mundo, na Espanha. Ela dá nome às propriedades vinícolas desses países, uma tradição espanhola que passou para as regiões que foram suas colônias.

A tradução literal de bodega é porão, onde as bebidas eram armazenadas, devido às boas condições de armazenamento, com umidade, temperatura e iluminação controladas. Também é fácil encontrar o termo viña como sinônimo de bodega no Chile.  

O vinho é uma das bebidas mais ricas em cultura e história, tendo muitas denominações específicas e um vocabulário próprio. Além de bodega, há vários outros nomes para vinícolas. Na França, elas são chamadas de château, em Bordeaux, e domaine, na Borgonha e em Languedoc.

Château significa castelo, enquanto domaine é campo. Na Itália, existem as tenutas, traduzidas como propriedades, que nomeiam vinícolas por todo país da bota. Em Portugal, há as quintas. Quinta é a palavra usada para chamar as propriedades rurais com habitação e, claro, os locais com vinhedos.   

Para degustar e aproveitar ao máximo:

Bodega

Bodega Del Fin Del Mundo Special Blend 2015

Bodegas Castano GSM 2017

Château

Château Haut Queyran 2015

Domaine

Domaine Pujol Izard Les Capitelles Rouge 2017

Tenuta

Tenuta Santanna Rosso 2017

Quinta

Quinta da Veiga Murzelo Reserva Tinto 2015

Experimente nossas seleções e viva a melhor e mais abrangente experiência enológica. Associe-se!